quarta-feira, 6 de julho de 2016

A Era do Gelo: O Big Bang

A turma de A Era do Gelo está de volta, mais uma vez enfrentando uma ameaça catastrófica à sua existência. Nada surpreendente, já que sabemos, o destino destas espécies sempre foi ser extinta, mas não ainda. Embora Scrat se esforce bastante! Desta vez o obcecado esquilo persegue sua amada noz até o espaço, e por lá causa o plot do filme (ou não!).

De qualquer forma, o mundo está sobre ameaça e Manny (Ray Romano/Diogo Vilela) e cia, é claro saem em uma jornada para salvá-lo. Além do mamute, a aventura conta com Sid (John Leguizamo/Tadeu Mello) e Diego (Denis Leary/Márcio Garcia) parceiros desde o primeiro filme. E uma família gigantesca acumulada ao longo de três sequências. A mamute esposa de Manny, Ellie (Queen Latifah/Carla Pompílio) sua filha Amora (Keke Palmer/Bruna Laynes), os gambás Crash (Seann William Scott/Patrick de Oliveira) e Eddie (Josh Peck/Gustavo Nader), a namorada de Diego, Shira (Jennifer Lopez/Andrea Suhett), a Vovó (Wanda Sykes/Nádia Carvalho) e a doninha louca Buck (Simon Pegg/Alexandre Moreno).

Reparou que eu transformei a breve sinopse do filme em uma enorme lista de personagens, interpretes e dubladores? Isto é porque após doze anos do lançamento do primeiro filme, este é provavelmente o maior atributo da franquia. Os personagens carismáticos, e seus bons interpretes, seja qual for o idioma. Já o enredo escorrega no "mais do mesmo", com um dilema familiar (geralmente de Manny), sendo adiado por um problema mais urgente, que curiosamente é solucionado ao longo da jornada para o bem maior. O drama da vez é o casamento de Amora e sua eminente saída de casa.

Outros personagens também tem seus pequenos dilemas. Sid se sente solitário. Diego e Shira tem medo de não terem vocação para pais. E Buck, evidentemente têm sempre inimigos conquistados pela sua espirituosa personalidade. O restante da trupe garante as piadas físicas para os pequenos.

Entre as novidades o namorado de Amora Julian (Adam DeVine), a preguiça gigante riponga Brooke (Jessie J./Ingrid Guimarães) e o líder espiritual Shangri Lhama (Jesse Tyler Ferguson). E a reaparição dos dinossauros, apresentados como "não extintos" no terceiro filme, novas espécies aparecem para complicar um pouco mais a viagem.

Longe de ser uma grande novidade, A Era do Gelo: O Big Bang (título nacional que perde o sentido  após assistirmos o filme, a tradução literal do original seria Rota de Colisão, complicado demais para os menores), vale mais pelo carisma de seus personagens que pela história em si. Embora alguns deles, como Shira e os gambás, não tenham grande função para a trama. Ao menos este últimos são responsáveis pelas piadas. Muitas piadas, para todas as idades. Os adultos por exemplo podem se distrair com muitas referências que os pequenos, ainda não tem bagagem para reconhecer.

Em outras palavras: Manny, Sid e Diego conquistaram pequenos e adultos em 2002, e revisitá-los é sempre interessante para quem é fã. Mesmo que a história não surpreenda, também não decepciona.

O tom bem humorado, as piadas cheias de referências e a equipe de dublagem fiel por 14 anos (a única perda significativa foi a substituição de Claudia Jimenez, pela também eficiente Carla Pompílio) garantem a diversão, para os não aficionados. E claro, tem Scrat perdendo para a Noz de todas as maneiras imagináveis, em um 3D eficiente, mas não essencial.

A Era do Gelo: O Big Bang (Ice Age: Collision Course)
EUA - 2016 - 95min
Animação

Leia as resenhas de A Era do Gelo 3 e A Era do Gelo 4.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top