quarta-feira, 21 de outubro de 2015

O Futuro é Hoje!!!!

Tomamos o caminho mais longo, mas chegamos. É quarta-feira, 21 de outubro de 2015. Estamos no futuro!

Ou pelo menos a data que Marty McFly de 1985, vista em De Volta para o Futuro - Parte 2. Uma época incrível, na qual a justiça é rápida, pois os advogados foram abolidos. Os paparazzi foram substituídos por drones fotográficos. O papel tem tecnologia repelente de poeira, temos roupas auto-secantes, tênis que se amarram sozinhos, Tubarão 19, comida re-hidratada, carros voadores e os favoritos de 11 entre 10 cinéfilos os Hoverboards.

Ficou triste né! Percebeu que a data mágica chegou e não temos nada disso. Tudo bem, eu também fiquei triste enquanto escrevia. O culpado por não termos tudo isso é o próprio Marty, que em De Volta para o Futuro - Parte 3 não topou aquela corrida, mudou o próprio destino provando que o futuro não está escrito.

E se você conhece o conceito do Efeito Borboleta (não lembre do filme do Ashton Kutcher), sabe que essa mudança pode ter provocado uma reação em cadeia que resultou na não existência daquelas coisas legais do segundo parágrafo. Ao invés disso temos smartphones com milhões de funções.

Brincadeiras à parte, no geral bem que tentamos criar o futuro que Dr. Bown e Marty encontraram. Não conseguimos replicar tudo exatamente, mas algumas coisas até funcionam. Segue agora uma versão atualizada, e mais completa de um post de 2011! Sim, comemoro o futuro olhando o passado, eu sou louca!

Videoconferência
Temos Skype baby! E smartvs gigantes onde podemos usá-los igualzinho ao filme, embora a maioria de nós fique nos netbooks mesmo. No filme a tecnologia substituiu o telefône convencional, o que não aconteceu em "nossa realidade" ainda, já estamos na fase intermediária substituímos as ligações por mensagens de texto.

Vários canais na TV
A TV dos McFly, era plana e muito fina, como as atuais LCD, LED e Plasma, e podiam transmitir mais de um canal ao mesmo tempo, coisa que as redistribuidoras de sinal já proporcionam hoje em dia. Tarefa cumprida!

Acionados pela voz
Quem nunca babou, ao ver aquela propaganda de ceular, um homem ao volante apenas falando o nome da pessoa com quem quer falar para que o telefone faça sozinho a ligação em viva-voz, ou ainda da TV que facilita a vida do vovô que não precisa tentar enxergar os micro botões do controle remoto. Se telefones podem fazer isso, qualquer aparelho pode, não? No filme tudo pode ser pedido em voz alta, de acender luzes a pegar uma fruta (que vem de um jardim suspenso no teto, mas vou ignorar essa tecnologia fantasiosa demais).

Video-óculos
Google Glass! De verdade a maioria de nós ainda não pode ter um. E provavelmente tem funções bem diferentes das dos óculos que toda a família McFly usa. Mas que existem, existem.

Video-games sem controle
Não sabemos exatamente como era os video-games em 2015 de Hillvalley, mas sabemos graças ao, então, pequeno Elija "Frodo" Wood que não precisam usar as mãos. Se está falando de um videogame acionado pelo poder da mente, estamos longe. Entretanto se está falando de usar não apenas as mãos, ou ficar preso à um controle... o X-Box está aí para salvar a pátria!

Comida re-hidratada
Ok! Eles tinham um aparelho, parecido com um microondas que transformava um disquinho de massa em uma pizza meio-a-meio. Nós colocamos água quente em um copinho e ... macarrão instantâneo em 1 minuto! Melhor que nada né!



Combustíveis alternativos
Não temos o Sr. Fusão para alimentar os carros, mas temos GNV, Alcool ("peraí"esse é antigo!). Uso de fontes de energias alternativa, e a busca por novas opções mais eficientes não faltam. Em prol de um mundo mais saudável.

Leitor Biométrico
Se você é rico não precisa mais de chaves para entrar em casa, Se não é cheio da grana pode conhecer a leitura biométrica em outras funções. Não precisamos mais borrar os dedos para colocar digitais em documentos, empresas controlam a entrada e saída de funcionários com as digitais e, pasmem, celulares também podem ser protegidos assim, e brasileiros de algumas cidades já votaram identificados por leitura biométrica!

3D nas ruas
Marty está andando na rua quando é atacado pelo tubarão de Spilberg, trata-se de um holograma promovendo o 19º longa do terror dos mares. Temos hologramas sim, em shows por exemplo, mas eles ainda não interagem com transeuntes na calçada. Já a tecnologia 3D anunciada no cartaz do filme, está por aí encarecendo os ingressos de todo o mundo!

Tubarão 19
Não tivemos tantas sequências de Tubarão assim, mas não é que apareceu um delicioso tease do filme alguns dias atrás. Assista:



Pedidos por computador
No 80's Café, fazemos o pedido a um garçon de mentira. Hoje em dia podemos comprar qualquer coisa sem nenhum contato humano, apenas digitamos o pedido e recebemos o produto em casa. Também temos lanchonetes, redes de cinema e até supermercado onde podemos comprar em máquinas.

Cadarços automáticos
Você está andando na rua, longe de casa, sem outra alternativa de transporte, cheio de sacolas, é apanhado por uma tempestade e então seu cadarço desamarra. Um dilema, arriscar um tombo e continuar ou arriscar uma gripe, e amarrar o cadarço? Por isso que precisamos cadarços que se amarram sozinhos. A Nike bem que produziu uma edição limitada dos tênis, em 2011 mas os cadarços... bom, eles prometeram para 2015!



Pepsi estilosa
É claro que o marketing do refrigerante que "pode ser", não ia deixar passar a oportunidade. Lançou uma edição limitada exclusivíssima das garrafas. Disponíveis apenas nos Estados Unidos, as garrafas começam a ser vendidas hoje. Foram produzidas 6,5 mil unidades, cada uma delas vai custar U$ 20,15. Alguns sortudos que apareceram na NY Comic Con vestidos como Marty, ganharam uma das 1,5 mil unidades da "Pepsi Perfect".



Hoverboard
Versões que voam suportando o peso de uma pessoa, ainda não conseguimos replicar. Ao menos algumas empresas como a Mattel, já criaram edições não voadoras para exibirmos por aí!


Chega de mídias físicas!
Não sabemos se Marty Jr, tinha um MP4, mas nessa cena dá para ver que LPs e CDs (ou uma versão bizarra que mistura os dois), foram descartados.

Câmeras
Eles acertaram nas câmeras pequenas e cheias de funções, só não tinham como prever que estas seriam apenas mais umas das funções de nossos aparelhos de celular.

Nem vou tentar achar versões para aparelhos flutuantes que corrigem a coluna, carros voadores, coleiras que levam seu cachorro para passear, roupas auto-secantes. Ah! E por falar em moda, que bom que não seguimos aquele rumo (a calça Beatle Juice bem que tentou alguns anos atrás).

Definitivamente não é o futuro que esperávamos, mas até que não estamos tão longe assim né! Além disso, Doc e Marty chegaram por às 16:29, horário de Hill Valey! Vai que até esse horário não fazem um grande anúncio com os produtos que faltam.

Eu tô na torcida!

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top