sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

A Vida Secreta de Walter Mitty

Sonhar acordado é uma coisa normal, que todos fazem em um momento ou outro. Entretanto, algumas vezes, soltar a imaginação deixa de ser apenas uma válvula de escape para não fazer besteiras e passa a substituir todas as ações de verdade. Foi assim que Walter Mitty (Ben Stiller) passou grande parte de sua vida, sem fazer nada minimamente interessante enquanto trabalhava para a revista Life, metáfora nada sutil né!

Mas, como tudo muda, mesmo que você não faça absolutamente nada, a revista Life vai abandonar as bancas e existir apenas online. A equipe será reduzida e o emprego dos funcionários dependem da última edição que terá na capa uma foto única de Sean O'Connell (Sean Penn). Responsável pelos negativos, Mitty não consegue encontrar a tal foto e finalmente se engaja em uma aventura para encontrar o fotógrafo aventureiro.

Some-se aí um interesse amoroso (Kristen Wiig) e nosso protagonista tem tudo que precisa para abandonar os devaneios do que poderia ser sua vida e vivê-la. Uma jornada de auto-descoberta digna das piegas mensagens de ano novo que nos deparamos a cada Dezembro. E que assim como elas, cai no exagero e lugar comum ao levar Walter em lugares inspiradores e impossíveis de alcançar apenas para descobrir que o que precisava estava com ele todo o tempo, figurativa e literalmente.

Sério que para ter uma boa vida você precisa encarar um vulcão em erupção ou escalar o Himalaia? Mesmo afirmar durante a projeção em alto em bom som que "Coisas belas não pedem atenção", uma bela vida precisa ser espetacular. Mensagem confusa, a gente vê por aqui.

Enquanto isso as divertidas, versões de sonho da vida de Walter são uma boa surpresa. Especialmente quando fazem referência a aventuras que o protagonista, assim como nós, se imaginou vivendo ao assistir filmes e ler livros. Aqui sim cabem os efeitos especiais mirabolantes e ações espetáculo e efeitos gráficos que Stiller desperdiça no restante da projeção, ao tentar fazer referência às páginas da revista.

Infelizmente, a mudança de sonho para a vida real, é abrupta. Em alguns momentos, ficamos na dúvida se o que vemos é sonho ou realidade. Efeito interessante que poderia ser melhor explorado, se sua transição fosse gradual, ao invés de abandonar o sonho definitivamente em apenas uma decisão. Afinal, mesmo em uma aventura, sempre imaginamos o que mais poderia ser.

O ambiente da revista, é um local a parte. Com cara de uma empresa sólida e poderosa, com seus imponentes cartazes que tornam seus trabalhadores minúsculos diante das celebridades que eles retratam. Ao mesmo tempo comandada por um novato arrogante que nunca pisou em uma redação e que não faz esforço algum para descobrir o mínimo que seja de seu funcionamento. Caricato, exagerado e com um cruel e reconhecível fundo de verdade.

Sem a comédia exagerada de Zoolander ou a originalidade de Trovão Tropical, também dirigidos e estrelados por Stiller, A Vida Secreta de Walter Mitty se esforça e tem boa intenção e uma produção detalhada. Uma pena que desperdice a boa ideia do conto de James Thurber (escrito em 1939) caindo no lugar comum e nas metáforas óbvias. Ainda assim, sua fórmula "feel good movie", vai agradar as plateias e fazer todos sairem do cinema sonhando acordados com uma vida diferente.

A Vida Secreta de Walter Mitty (The Secret Life of Walter Mitty)
EUA , 2013 - 114 minutos
Drama

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top