sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A Menina no País das Maravilhas

Quando a imaginação é melhor que a realidade, tudo o que você pode fazer é imaginar uma realidade melhor. É isso que faz Phoebe (Elle Fanning, irmã da Dakota) em A Menina no País das Maravilhas.

Estudando em uma escola que não permite questionamentos, a menina se sente rejeitada pelos colegas por ver o mundo de uma forma diferente. Em casa, seu comportamento incomum desafia e cria conflitos entre os pais, Hillary (Felicity Huffman, a Lynette de Desperate Housewifes) e Peter Lichten (Bill Pulman).

Quando Miss Dodger (Patricia Clarkson) convida a turma para participar de uma produção teatral Phoebe enxerga uma oportunidade de se tornar parte de algo.

Depois de exitar bastante a garota se candidata, surpreende a professora e conquista o papel de Alice (é claro, disputado por todas as meninas da classe). Nos ensaios ela encontra sua válvula de escape, um lugar onde se sente confortável. Contudo o estress do dia-a-dia piora a situação de Phoebe que começa a misturar realidade e ficção.

Lançado diretamente em DVD no Brasil. O longa apresenta de forma delicada diversos problemas comuns a vida moderna. Escolas que podam a criatividade infantil, conflitos entre pais e professores, homossexualismo, preconceito e mesmo a prática de bullying* em escolas. Estes últimos ficam bastante evidentes quando um menino se candidata, e conquista, o papel da Rainha de Copas.

O principal problema abordado é a falta de conhecimento e habilidade dos pais para lidar com uma criança "diferente". Reação normal para esse tipo de situação, os pais de Phoebe demoram a aceitar que a filha precisa de uma atenção especial. A mãe, em especial, passa mais tempo focada no que não pode oferecer a menina do que no que ela realmente precisa. Já a irmã caçula de Phoebe, Olivia Lichten (Bailee Madison, a May Belle de Ponte para Terabítia, afinadíssima no papel) é a primeira a perceber que a irmã precisa de ajuda.

Uma obra que merecia mais destaque conta com a atuação competente de todo elenco. O filme aborda, principalmente nossa busca não apenas por um lugar no mundo, mas por quem somos em cada situação. Que papel assumimos diante do que o mundo nos oferece, sejam dificuldades ou bom momentos. Também nos faz questionar até que ponto utilizar a imaginação para escapar da realidade, que nos desagrada é saudável. Sem, contudo desestimular a atividade de sonhar acordado. Ouse sonhar sua vida!

A Menina no País das Maravilhas (Phoebe in Woonderland) 
EUA - 2009 - 96 min 
Drama

*Bullying, é o termo em inglês para atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo incapaz de se defender. Fonte Wikipédia

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top