sábado, 6 de agosto de 2016

As Empoderadas

Talvez o maior mérito da HQ As Empoderadas seja chegar ao público, mesmo que apenas em formato digital*. Um quadrinho criado inteiramente por mulheres e protagonizado por heroínas brasileiras, é um frescor e um grande feito para o limitado mercado nacional. Mas, não deixe que este fato desvie sua atenção das outras qualidades da publicação.

Um misterioso fenômeno solar, une e dá poderes especiais à três mulheres diferentes. Além descobrir o que lhes aconteceu as três também descobrem que podem usar suas novas habilidades para combater o mal.

Sim. O primeiro volume é uma típica história de origem, em parte até um tanto previsível. O diferencial é a quem pertence estas histórias de origem. E tendo apresentado estas personagens, quais rumos a história pode tomar, levando em consideração que estas se situam no Brasil do século XXI, na maior cidade do pais. Além do fato de se tratarem de personagens completamente distintas.

Ambientada na cidade de São Paulo, a história passa por pontos conhecidos da cidade. E traz diversas referências familiares para os brasileiros, seja no cotidiano das personagens, nos cenários, roupas e até nas características das protagonistas. Três mulheres genuinamente brasileiras e completamente diferentes umas das outras. Realidade do caldeirão de etnias que formam nossa população.

A arte é detalhada e bastante colorida, imprimindo leveza e bom humor à trama. Esta por sua vez, é leve e simples, mas voltada para os mais velhos. Afinal tem de haver super-herois (ou heróinas) para todas as idades, em diferentes tons. Precisamos e gostamos da variedade.

Com roteiro e arte de Germana Viana e capa de Erika Awano, a primeira edição de As Empoderadas tem apenas 25 páginas. E provavelmente este é seu maior problema: quando começamos as nos interessar acaba. E por se tratar apenas de uma carismática, porém curta iniciação, pode ser que seja esquecida antes que sua segunda edição chegue.

A edição de estreia foi lançada em julho, a volume dois chega apenas em setembro. A HQ é o primeiro título do selo Pagu Comics, da Editora Cândido. É exclusiva da plataforma Social Comics*.

As Empoderadas
Germana Viana, Erika Awano
Pagu Comics/Editora Cândido


*Social Comics é um serviço de streaming de quadrinhos.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top