sábado, 9 de abril de 2016

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Fábula é uma narrativa onde animais antropomórficos passam por situações cotidianas dos seres humanos. Uma analogia com um propósito educativo, inevitavelmente acompanhada pela "moral da história". Um formato ingênuo, com personagens simples que tem perdido espaço entre a criançada "antenada" de hoje em dia.

Mas, não há nada que não possa ser adaptado aos temos de hoje. E fábulas, com sua habilidade de retratar de forma leve a realidade da sociedade, tem potencial de sobra para isso. Afinal, basta atualizar o contexto. E Zootopia: Essa Cidade é o Bicho é a prova disso.

No mundo de Zootopia, os animais vivem em aparente harmonia. Predadores e presas civilizados, abandonaram seus instintos primários e convivem pacificamente em sociedade. A coelha Judy tem o sonho de ser policial, e até consegue, mas é desacreditada até pelos amorosos pais. Afinal ela é uma coelha fofa do interior e a tarefa geralmente é feita por grandes predadores.

Sim, Zootopia não é uma utopia. E assim como a nossa sociedade está repleta de preconceitos, disfarçados ou não. Outro que "atende às expectativas" da sociedade é a raposa Nick Wilde, sobrevivendo de inteligentes golpes. Adivinhou quem imaginou que a dupla será obrigada a trabalhar juntas, e consequentemente lidar com seus preconceitos. Judy tem que aprender a confiar em seu inimigo natural, enquanto Nick precisa acreditar no potencial da pequena policial.

À esta altura você deve estar com a sensação que já ouviu essa história. Jovem do interior precisa se provar na cidade grande. Ao mesmo tempo uma dupla de parceiros improváveis precisa aprender a trabalhar juntos para um bem maior. A diferença aqui, é que se trata de um produto para toda a família, que ainda sim não menospreza mesmo os pequeninos.

Um roteiro inteligente, utiliza um caso de desaparecimento que se desenrola em um intrincado plano que afetará à todos, para explorar a complexidade daquela sociedade (um espelho da nossa), bem como as nuances das personagens. 

Tudo isso contribui para a compreensão das mensagens passadas pela produção. A simples lição de moral ainda está lá, mas as crianças hoje em dia precisam de um "porque". Porque, o que é, como surge o preconceito, os estereótipos, as tradições, entre outros conceitos.

Contemporâneo, vasto, lotado e colorido, o visual lembra e muito nossas metrópoles. E tem o capricho de se adaptar às muitas formas e necessidades das suas diversas espécies de cidadãos. A dublagem nacional não destoa, surpreendendo ao contratar atores globais que sabem dublar. Rodrigo Lombradi e Monica Iozzi dão voz a Juddy e Nick.

Quem tiver oportunidade de assistir em áudio original, o elenco também é estelar. Ginnifer Goodwin (de Once Upon a Time) e Jason Bateman são os protagonistas. Idris Elba, Bonnie Hunt, J.K. Simmons e Octavia Spencer estão entre as escalações mais famosas.

Divertido e bem produzido, Zootopia: Essa Cidade é o Bicho consegue a proeza de renovar a fábula para novas gerações, sem perder suas lições ou menosprezar o público. Apresenta um novo familiar e rico mundo, cheio de personagens carismáticos. O único escorregão é o desnecessário subtítulo nacional. Não precisava explicar!

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho (Zootopia)
2016 - EUA - 108min
Animação, Aventura

2 comentários:

Arely disse...

Eu acho que muitos foram ao cinema para tomar o nosso tempo e saiu feliz com o filme, realmente é muito bem feito. O que eu mais gostei foi o humor para discutir questões difíceis para crianças e adultos, é quase um mockumentary de nossas vidas diárias. Personagens muito bem construídos conceitualmente e visualmente acho que é o maior mérito do filme. A propósito, eu vi o passe na tv (Deixo de programação Zootopia Disney) no caso de você ainda vê alguns de seus leitores ou se eles querem repetir, acho altamente recomendado para todas as pessoas que o viram.

Fabiane Bastos disse...

Exatamente! Eu mesma não dava nada pelo filme de "animais falantes", é um dos meus favoritos deste ano.

Não compreendi bem a última parte, mas obrigada pela visita!

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top