quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Orgulho, Preconceito e Zumbis

Ainda no início da projeção, o primeiro zumbi que vemos de fato em ação, é uma típica jovem da era pré-vitoriana "cinematográfica". Cabelos bem arrumados e impecável vestido branco, a diferença aqui, é o rosto sujo de sangue o nariz em decomposição com ranho saindo da narina não existente. Caso você não tenha entendido pelo título, esta cena está ali para pontuar: esta é uma paródia!!!  

Orgulho, Preconceito e Zumbis reapresenta o romance mais adorado de Jane Austen incluindo mortos vivos ao cenário já conhecido por muitos. Assim as garotas Bennet são treinadas para sobrevivência, enquanto o Sr. Darcy (Sam Riley) além de bom partido é um coronel na batalha que assola a Inglaterra.

No geral, a trama segue da mesma forma que o romance original, com jantares, bailes e longas discussões. A diferença aqui é que eventualmente estes são interrompidos, ou mesmo seguem, na presença de zumbis e lutas de espadas.

Para os interessados em mortos vivos, fica a dica: não é The Walking Dead. De fato, os zumbis deste romance tem suas próprias características de evolução (calma, ninguém brilha), mas os efeitos da decomposição e a consciência são bem diferente dos tradicionais mortos andantes.
Os zumbis são bem feitos, e a produção de arte é eficiente, mas nada que já tivéssemos visto antes, ou que esperássemos de uma produção deste porte. Já o roteiro precisa pegar alguns atalhos para contar a longa história de Orgulho e Preconceito, incluindo a parte sobrenatural (sim, pois nessa época não era vírus, mas uma praga bíblica mesmo). 

O resultado são saltos na história, alguns personagens com pouca função e eventuais furos. Nada no entanto que comprometa muito o desenvolvimento.


Apesar da correria, sobra tempo até para referências às diversas adaptações (tradicionais) que o romance já tivera. Além de espaço para piada, humor negro e até fetiche.

É o elenco no entanto que vai chamar atenção. Lilly James (Cinderela, Downtown Abbey) completa o casal de protagonista. Completam o elenco Charles Dance e Lena Headey (Game of Thrones). Douglas Booth (Noé), Bella Heathcote (Sombras da Noite) Jack Huston, Sally Phillips e tentam conseguir espaço, enquanto Matt Smith (o 11º Doctor Who), rouba a cena ao da vida ao não mais enfadonho Mr. Collins.
- Oi, Matt Smith, eu era o Doctor, então vou roubar as cenas!!!
A primeira zumbi! Não é SPOILER,
você a viu no trailer!
Baseado no livro homônimo creditado à Jane Austen e Seth Grahame-Smith, Orgulho, Preconceito e Zumbis é uma divertida brincadeira com um clássico, sabe e admite isso. Deve desagradar apenas os fãs xiitas, sejam do romance ou dos mortos vivos, que entrem na sala desavisados. Aqueles que cultivam afeição moderada por qualquer um dos gêneros, vão no mínimo passar duas horas de muitos risos!

Orgulho, Preconceito e Zumbis (Pride and Prejudice and Zombies)
2016 - EUA - 107min
Terror/Ação/Romance

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top