quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

The Leftovers - 2ª temporada

Foi quase um apocalipse o que atingiu a cidadezinha de Mapleton no final da primeira temporada de The Leftovers. O que convenhamos é muito apropriado, considerando que a série começa com uma espécie de arrebatamento como mistério. Contudo, após a tormenta causada pelos Remanescentes culpados, o chefe de polícia Kevin Garvey (Justin Theroux) e os "seus" parecem ter encontrado um momento de calmaria.

É nesse ponto que retornamos no segundo ano da série criada por Damon Lindelof (Lost), com base no livro homônimo de Tom Perrotta. Já vão completar quatro anos que 2% da população desapareceu à olhos vistos, as pessoas começam a se conformar com o fato de não haver explicação. Mas, estão longe de saber lidar com o mundo dos "deixados para trás".

Assim muita gente vai buscar conforto na reserva florestal de Miracle, na cidade de Jardem, Texas. Lá ninguém desapareceu em 14 de Outubro, todos os 9,261 moradores foram poupados, e tem orgulho disso. Se por ser uma reserva ambiental, o acesso à cidadezinha já era difícil, elevada ao status de santuário, é possivel entrar apenas como turista por algumas horas, mudar-se para lá praticamente impossível.

Mas Kevin Garvey, sua filha Jill (Margaret Qualley), a namorada Nora Durst (Carrie Coon), aquela que perdeu toda a família e seu bebê adotivo Lily (nascida naquela seita torno de um misterioso guru), conseguem. Eles seguem o irmão de Nora, o o reverendo Matt Jamison (Christopher 'Doctor Who' Eccleston) que acredita que o local abençoado pode mudar o estado vegetativo de sua esposa Mary (Janel Moloney).

Além da família disfuncional acima, esta temporada nos apresenta uma família aparentemente perfeita, os Murphy. John (Kevin Carrol) e Erica (Regina King) e seus filhos Evangeline 'Evie' (Jasmin Savoy Brown) e Michael (Jovan Adepo), são os novos vizinhos de Garvey. e não sustentam a imagem de família perfeita por muito tempo. Especialmente após o desaparecimento de Evie e suas amigas.


O sumiço repentino que pode ser o primeiro "arrebatamento" da cidade é o mistério que une os episódios focados em arcos isolados de personagens distintos. Assim tanto novos quanto antigos personagens encontram espaço para desenvolver sua história, ou melhor seus traumas. Desde à loucura de Kevin, passando pelos segredos dos Murphy, até o excesso de fé do reverendo Matt e o retorno dos Remanescente Culpados, que não encontram espaço para existir em uma cidade onde nada aconteceu.

Ainda sobre os RC, podemos ver como uma seita religiosa recruta facilmente pessoas, e o quão difícil é abandonar estes preceitos um vez que foram adotados. Não sei se a semelhança com a realidade atual é mera coincidencia.

Liv Tyler, Amy Brenneman, Chris Zylka e Ann Dowd também retornam à esta temporada, complementando o arco principal. Este surpreendentemente nos leva a importância da família e ao "novo modelo" desta no mundo os "deixados para trás". Tudo isso abraçando o sobrenatural e a não necessidade de explicar tudo.

The Leftovers, é com certeza uma das melhores séries de mistério em exibição atualmente. Traz uma narrativa autêntica, dinâmica e inteligente, focada nos personagens e sem a pretensão de explicar tudo. Surpreende ao deixar expectadores e personagens no escuro. Alguma coisa não faz muito sentido? Parece surreal demais? O mundo é assim agora, abrace e sobreviva!

The Leftovers é exibida pela HBO, em transmissão simultânea com os EUA. E não teve uma audiência surpreendente este ano (que ideia foi essa de colocá-la no mesmo horário de The Walking Dead HBO?), sua terceira temporada ainda não foi confirmada. Mas os fãs já fizeram sua parte, em um protesto pela renovação da série, caracterizados como Remanescentes Culpados na porta da emissora em NY, na última segunda-feira, dia 7 de dezembro.


0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top