sábado, 31 de outubro de 2015

Terror para os fracos!

É Halloween, ou Dia das Bruxas, e você também quer fazer aquela maratona cinéfila temática mas morre de medo de filmes de terror. Seus problemas acabaram! Pois este ano resolvi fazer uma lista de filmes de terror para os medrosos as pessoas com nervos delicados.

Os filmes a seguir estão oficialmente classificados como "terror", entretanto a probabilidade de ataques cardíacos dos mais sensíveis é pequena. O que não significa que sejam filmes ruins. Confira:

Poltergeist - O Fenômeno (Poltergeist - 1982)
Estou falando do original produzido por Spilberg de 1982, não da refilmagem lançada este ano. Nele, uma típica família estadunidense começa a presenciar atividades paranormais em sua residência. A caçula inclusive conversa com a estática da TV (para os mais novinhos, os aparelhos de televisão de antigamente ficavam com a tela cinza de chuviscos na ausência de um sinal). Até que em uma noite cheia de efeitos especiais, a pequena Carol Anne é sugada pelo seu guarda-roupa. É a busca pela pequena Carol Anne, e a compreensão do que está acontecendo na casa, inclua aqui a chegada de especialistas no assunto, é o que move Poltergeist - O Fenômeno.

A "atmosfera Spilbergiana", da um tom sessão da tarde família. E os ótimos, porém datadoss efeitos especiais mais divertem quem assustam. A trama é bem amarradinha, tem mistérios, acontecimentos sobrenaturais e fantasmas. Sim é um terror, mas pode ser visto por toda a família. As histórias dos bastidores da produção, de fato assustam muito mais que a trama em si. - Leia a resenha completa de Poltergeist - O Fenômeno -

A Noiva de Chucky / O Filho de Chuck (Bride of Chucky - 1998 /Seed of Chucky - 2004)
Sim!!! Momento combo de filmes. O primeiro filme do boneco Guy possuído pelo espírito de Charles Lee Ray, o O Estrangulador de Lakeshore, tinha muito potencial de aterrorizar. Entretanto quando alcançamos o quarto e quinto filmes da franquia o terror, já havia se tornado "terrir".

Em A Noiva de Chucky, Tiffany saudoza namorada de Charles Lee Ray consegue resgatar o boneco de seu amado, que estava sendo guardado como evidência policial. Restaura o brinquedo com agulha e linha, e com vudu ela faz com que a alma do seu ex-namorado volte para o boneco. Porque ela não comprou outro boneco? Ou ainda encontrou um corpo adequado? É um mistério. De volta à trama, o casal se desentende Chuky mata Tiffany e a coloca em uma boneca. Assim o casal passa à ter um objetivo em comum: encontrar novos corpos. Romântico né! Tanto que os bonecos até se enamoram e se gabam por não precisarem de contraceptivos, pois já são de plastico.

É claro, que eles estavam errados, e desta noite de descuido nasce O Filho de Chucky. Órfão, Glen consegue ressuscitar os pais, em Hollywoody onde estão acontecendo as filmagens do longa sobre o caso do brinquedo assassino (todos amam metalinguagem). Infelizmente o rapaz descobre que não tem os mesmos interesses que seus progenitores.


Os Garotos Perdidos (The Lost Boys - 1987)
Nada a ver com os meninos da terra do nunca. O Jovem Sam e seu irmão mais velho, eram adolescentes comuns até se mudarem para a pacata Santa Carla, Califórnia, informalmente conhecida como a capital nacional dos assassinatos. Não demora muito para perceber que a cidade é mais estranha que violenta. Enquanto o primogênito Michael se encanta com uma moça, ao mesmo tempo que se envolve com a gangue de motoqueiros da qual ela faz parte. O caçula Sam conhece garotos com estranha obsessão por quadrinhos de vampiros.

Simplificando em termos simples, se os Goonies entrassem em uma aventura com os irmãos Winchester, seria exatamente assim. De fato o Goonie Corey Feldman faz parte do elenco. Visual dos anos de 1980, ótima trilha sonora e vampiros (um deles o jovem Jack Bauer, Kiefer Sutherland). Os Garotos Perdidos tenha é uma divertida e sombria aventura. - Confira a resenha completa -
O glamour dos anos 80 em forma de vampiros!!!

A Hora da Escuridão (The Darkest Hour - 2011)
Segundo seus produtores este filme é uma obra de horror e ação. Acompanhamos um grupo de jovens, que tenta sobreviver ao "apocalipse alien", em Moscou. O pessoal devia estar vivendo as "férias de suas vidas", entretanto passam todo tempo do grande ataque inicial refugiados em uma despensa. Então perdemos a parte da ação, ao pular correria nas ruas, o medo, acidentes de avião, etc.

É apenas quando os corajosos americanos decidem que é seguro sair, que vamos descobrir nosso inimigo: o MORMAÇO! Sim, os vilões invisíveis mais parecem aquela ondulação que vemos sob o sol quando está muito calor. Eles também são elétricos, causando um blackout quando chegam, mas ligando tudo por onde passam. Logo, nossos heróis temem as luzes e adoram a escuridão (seria uma metáfora invertida?). Difícil ter medo assim. - Confira a resenha completa -

Então está completa a lista para maratona de "terror light" de 2015. Um terror fofo, dois que fazem rir, uma aventura vampiresca, e um filme ruim demais para conseguir assustar, respectivamente. E aí, quais você pretende assistir? Quais já viu? Ficou com medo de algum?

Para os mais corajosos não deixe de ler o post de como tornar sua sessão de terror mais assustadora: Como assistir à filmes de terror

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top