terça-feira, 30 de junho de 2015

Minions

No cinema, volta e meia um coadjuvante rouba a cena, e vira o favorito do público. Com os Minions o efeito foi imediato, afinal os alívios cômicos da franquia Meu Malvado Favorito são seres amarelos de origem desconhecida, que falam o próprio idioma, tem raciocínio infantil e bastante estabanados. Mestres fofos da comédia pastelão. Sinal disso, é que foram eles os destaques da sequência Meu Malvado Favorito 2, e agora ganham seu próprio longa.

Minions traz uma introdução empolgante, apresentando o surgimento da espécie, e sua devoção à seguir o vilão mais malvado que encontrarem e até alguns vilões famosos que os tiveram como comparsas. Entretanto, quando fica interessante e você acredita que eles vão finalmente seguir e consequentemente arruinar o maior vilão do século XX (É! Eu queria ver os Minios seguindo Hitler. Sei que tenho uma mente perturbada) a trama segue novos rumos.

Após ficarem irremediavelmente sem mestre e perderem sua razão de viver um membro corajoso da tribo Kevin decide buscar um novo mestre para seu povo. Seus companheiros de jornada são Stuart e Bob. Separando, dando nomes, e características únicas, e até um vocabulário um pouquinho maior e mais compreensível a membros daquela massa amarela, que no em seu caos, pareciam até um único organismo. Ok, eu sei q eles já demonstravam personalidades distintas nos primeiros longas, mas levante a mão aí, quem souber identificar a maioria.

A partir daqui acompanhamos a trama simples, conquistar a honra de servir a maior vilã dos anos de 1960, Scarlet Overkill (Sandra Bullock/Adriana Esteves). Através de uma sequencia interminável de situações cômicas, que devem agradar os pequenos, mas entediar em alguns momentos seus acompanhantes em idade adulta.

Por outro lado, a animação é tecnicamente impecável. E a trilha acerta na trilha sonora de classicos do rock, que vão de Beatles à Jimi Hendrix. Aos cinéfilos, de plantão procure a referência ao musical mais conhecido de todos os tempos. Também não faltam, piadas com a época, a realeza e hábitos britânicos. Uma vez que essa aventura se passa em Londres.

Minions é bem produzido, e traz uma trama abertamente focada em seu público principal, as crianças. Quanto mais novas melhor! Não é excepcional, mas também não esgota seus personagens principais. O que não significa que existe muito material para uma sequencia. Este longa é ótimo como curiosidade, mas seus protagonistas funcionam bem melhor em seus curtas.

Minions (Minions)
EUA - 2015 - 91min
Animação

Leia mais sobre Minions ou confira a resenha de Meu Malvado Favorito 2

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top