quarta-feira, 8 de abril de 2015

O Estranho Caso do Yoda de Origami

Então um belo dia aquele carinha da escola que todos acham esquisito aparece com um dedoche de Yoda (sim, o mestre Jedi) feito de origami. À distribuir conselhos o boneco começa. Inicialmente a maioria soa apenas absurdamente bobo. Mas muitos deles funcionam de uma maneira torta imprevisível e absurda.

Logo Tommy decide fazer um relatório, analisar casos e histórias envolvendo o boneco para finalmente descobrir se aquele pedaço de papel amassado possui ou não "a força" Simples assim o enredo de Estranho Caso do Yoda de Origami é!

Dividido em relatórios com ilustrações feitas por um dos colegas de classe de Tommy (leia-se desenho de criança). O "arquivo Yoda" (não usam este nome, mas bem que poderia), relata caso à caso, as situações em que cada conselho do boneco criado por Doug, fora proferido, e suas posteriores consequências. Geralmente narrado pela pessoa "aconselhada" ou uma testemunha ocular.

Não é surpresa, a linguagem é simples e clara. Afinal são pré adolescentes contando uns para os outros seus dilemas. O autor Tom Angelberguer, consegue simular com sucesso o estilo de conversas entre crianças desta idade. Assim como selecionar seus problemas "épicos" como constrangedoras manchas em roupas, testes surpresas e a incapacidade de se guardar segredos entre colegas de escola.

Todos grandes dilemas pelos quais você, adulto, provavelmente já passou um dia. E adoraria, que fossem seus únicos grandes dilemas hoje em dia. Isso somado à escolha do McGuffin, um ícone de ficção científica dos anos 80, nos faz pensar: seria O Estranho Caso do Yoda de Origami realmente um livro para crianças? Ou uma fuga nostálgica para adultos?

Sim é um livro para crianças,em uma idade bem específica, a entrada da adolescência. Embora possa ser tranquilamente apreciado por seus pais. Quando à escolha de Yoda, e não um ícone do momento entre a garotada, pode soar meio deslocado. Entretanto, se você conhece a função de um McGuffin (descubra aqui), logo percebe, as crianças não vão estranhá-lo. E o fato de ser um ícone nerd, também faz parte da construção de Doug, o "esquisito" da sala.

Além disso, nunca houve época melhor para ser nerd. E enquanto os alunos do colégio Williams, não chegam à uma conclusão definitiva, mas começam a compreender um pouquinho mais do mundo dos adolescentes, e as vantagens de ter amigos diferentes, por mais que estranhos. Os pequenos leitores do lado de cá das páginas, também aprendem tudo isso. E como bônus podem descobrir uma nova referência muito útil. Afinal, a franquia Star Wars está de volta, com mais força do que nunca.

O Estranho Caso do Yoda de Origami (The Strange Case of Origami Yoda)
Tom Angleberger
Sextante


P.S.: Após este livro ler, muito difícil é, à falar tudo ao contrário evitar.
P.S.2: Traz instruções para fazer seu próprio Yoda de origami.

O Estranho Caso do Yoda de Origami foi um achado da Bienal do Livro de 2011.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top