sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Marvel's Agent Carter

Peggy Carter (Hayley Atwell) durante a Segunda Gerra Mundial, era o braço direito/confidente/interesse romântico de ninguém menos que Steve Rogers, o Capitão América. Quando o bom moço desapareceu, ela continuou seu bom trabalho da guerra, descobrindo e eliminando instalações nazistas, especialmente aquelas relacionadas com o vilão Caveira Vermelha. Inclua aí, o resgate de raros artefatos que dariam trabalho para os Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D., décadas mais tarde.

Felizmente a guerra terminou, e Carter tem que se adaptar a sua nova vida. É 1946, ela continua solteira e trabalhando para a SSR (Reserva Científica Estratégica), devidamente disfarçada de companhia telefônica. Infelizmente seus atuais empregadores, resolveram ignorar seu currículo por um único motivo, ela é mulher. São os anos 40, e apesar do título de "Agente", Peggy é marginalizada e rebaixada à missões como buscar o almoço.

Ao menos é o que a SSR pensa, já que a rotina da moça fica muito mais interessante quando ela resolve secretamente ajudar Howard Stark (Dominic Cooper, em participações especiais) a limpar seu nome. O pai do Homem de Ferro é acusado de ter liberado suas armas de destruição em massa no mercado negro. Stark é "relativamente" inocente, e é claro, ha uma conspiração maior aí, que inclui Alemães e Soviéticos.

Achou a esta sinopse longa e explicativa? Pois Marvel's Agent Carter, é uma série de espionagem, cheia de mistérios, nomes complicados, teorias da conspiração, lutas e gadgets. Com um roteiro complexo e uma protagonista forte. Atwell apresenta um excelente trabalho ao apresentar uma protagonista oprimida pela sociedade, mas que ao invés de abaixar a cabeça, usa "seu defeito" a seu favor. Afinal quem desconfiaria de uma frágil mulher? É muito divertido ver Carter fazer os homens passar por bobos de vez em sempre, embora ela não esteja livre das frustrações geradas pela rejeição e preconceito.

Para ajudar com isso, e outras coisas, Stark lhe ofereceu seu fiel escudeiro, o mordomo Edwin Jarvis (James d'Arcy). Típico mordomo britânico, não podia estar mais deslocado do mundo da espionagem, mas de um jeito ou de outro acaba ajudando bastante nossa heroína. Entre os coadjuvantes se destacam os agentes da SSR. Sousa que também sofre discriminação por ter perdido uma perna durante a guerra e o perfeitinho Agent Jack Thompson (Chad Michael Murray de One Tree Hill). Além das moças que residem a conservadora "república" onde Peggy mora.

Espionagem e ação à parte, a série retrata bem a sociedade da época. Apresentando uma nação pós guerra ainda tentando se reorganizar, cheia de preconceitos e padrões em relação ao sexo feminino. Traz de volta também um dos pontos fortes do primeiro filme do Capitão América, o visual e atmosfera dos anos 40, criado através de uma boa reconstrução de época.

E por falar no universo da Marvel nos cinemas, as referências à ele estão espalhadas aqui e ali, para deleite dos fãs. Ou você ainda não percebeu que o parceiro de Peggy tem o mesmo nome, que o sistema operacional que cordena a tecnologia do Homem de Ferro? Tony Stark tinha que se inspirar em alguma coisa.

Bem produzida, inteligente e divertida, Marvel's Agent Carter reforça a tendência de fortes protagonistas femininas que felizmente tem invadido o mundo do entretenimento. E ainda, explora uma época ainda desconhecida (para os expectadores, talvez não para leitores) e bastante fértil do universo Marvel. Quem também acha que é nessa série que podemos assistir a criação da S.H.I.E.L.D., com direito à SPOILER - infiltração secreta da Hydra? - FIM DO SPOILER-

Marvel's Agent Carter terá oito episódios. É exibida no Brasil pelo Canal Sony nas quintas-feiras às 22h30, com apenas uma semana de diferença em relação à exibição "estadunidense".

Leia mais:

P.S.: A participação de Stan Lee, acontece no 4º episódio, que deve ir ao ar no Brasil dia 05/02.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top