quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Comic Con Experience: A Experiência

Se você esteve em uma galáxia distante na última semana pode não ter ouvido falar, mas no primeiro fim de semana de Dezembro aconteceu a Comic Con Experience, primeira grande convenção de "nerdices" nos moldes das Comic Cons "estadunidenses". Não, não fui para cobrir, mas para curtir o evento. Contudo como não dá para desligar a blogueira/jornalista....

A Experiência

Mas afinal, valeu a pena? Admito, eu só me empolguei em ir na CCXP, depois de ganhar um dos ingressos na promoção, mesmo assim com um "pé atrás", já que neste tipo de evento, as atrações são confirmadas em cima da hora, enquanto os melhores pacotes são vendidos cedo. E muita coisa errada poderia acontecer: as empresas podiam não acreditar e não trazer nada; os artistas poderiam se recusar a vir; a organização poderia decepcionar. E claro, sempre tem filas!

Fotos estão pequenas? Clique para ampliá-las!

Filas
E por falar nas filas, tinha muitas, para tudo. As mais desesperadoras? A entrada se você chegar antes dos portões abrirem, e as do maior auditório o Thunder. E sim, filas podem ser chatas e demoradas, mas também pode ser uma oportunidade, eis os exemplos:

Ainda na quinta feira, voluntários bem humorados, animaram as filas do Meet&Greet, com holas e brincadeiras. Mas nem é preciso a ajuda deles. Enquanto na fila, você pode apenas observar os cosplays passando, eu testemunhei um encontro mágico entre a Gamorra e o Star Lord. Este último em outros dias, fora Gambit e Ron Weasley. Sim, é possível até mesmo rever pessoas, acredite você vai reconhecer aquele cosplay legal da fila de ontem.


Tem a galera que põe a leitura em dia, seja aquele tijolo que você está enrolando faz meses, ou nas coisas fresquinhas que você acabou de comprar na feira. Se você não faz o estilo forever alone lobo solitário, converse com as pessoas, em nenhum outro lugar você vai encontrar tanta gente com os mesmos gostos que você.

Dê uma olhada em volta, tem uma galera jogando inúmeros joguinhos, de adedonha à RPG, travando grandes discussões do pensamento nerd, ou só jogando conversa fora. Você pode fazer novos amigos. Eu por exemplo conheci uma mãe, nerd que marcou presença para a filha, que não pôde comparecer por causa das provas da faculdade. E consequentemente descobri mais um blog de cultura pop, o Entretenimento Ácido.

E claro, tem os momentos de atividade coletiva. Como quando a galera implorou para liberarem mais lugares na sessão de O Hobbit (não conseguiram ver o filme, mas rolou um presente da Warner). Isso sem mencionar no super exibido vídeo da galera gritando a #VaiSerÉpico

Corredores
Tava lotado? Sim. Tava confuso e cansativo? Não. Mesmo preso nas filas (sim também tinha nos estandes) ou em um dos mini engarrafamentos que inevitavelmente acontecem em lugares com multidões, não faltam distrações. A começar com os cosplays e cospobres sempre dispostos a parar para uma foto. O vídeo do pessoal da animaff, mostra bem o clima de brincadeira e também os incríveis cosplays que a galera montou.


Então os cosplays de Cavaleiros do Zodíaco expulsaram os modelos peladões do
estande do Mad Max, poque acharam que o cenário era mais a cara deles.
Até o pessoal a paisana, que conversavam uns com os outros como se não fossem desconhecidos. Era um tal de - onde está dando este brinde? - Corre lá! Ainda tem! - Cê foi no painel tal? Me conta! Prova disso, foi a zoeira sem limites com o carinha que apagou na posição mais desconfortável do mundo na praça de alimentação. (Dá um "google" em "dorminhoco da CCXP")

A tranquilidade era tanta que não faltavam crianças, algumas sozinhas, e até bebês (os cosplays mais fofos), nos corredores.
Mega mural de recados, no primeiro e no último dia! Alguém viu meu recadinho lá?

Problemas
Teve sim, todo evento inevitavelmente tem. Os da CCXP, foram poucos, como alguns voluntários estressados, ou preconceituosos. A galera sabia que havia privilégios para quem pagou os pacotes caros, mas tratar mal quem comprou o ingresso normal não pode!

Ainda faltou explicar os voluntários a diferença entre conteúdo exclusivo, e painel. A "nerdaiada" estava ciente de que não podia filmar e fotografar conteúdo exclusivo, e também estava ciente de que podia sim, fotografar painel. Estas informações eram repetidas exaustivamente pelos mediadores dos painéis, e por uma gravação em vídeo com a voz do Goku, que rolava nos intervalos. Mesmo assim não faltaram ameaças de expulsão vinda dos voluntários, quando você tentava pegar aquele angulo legal do Jason Momoa, ou outros convidados.

Os diversos pacotes também confundiram muita gente. No auditório as primeiras fileiras eram reservadas para eles, e ficavam vazias em muitos painéis. Desavisados eram retirados na marra por aqueles voluntários estressados. Mas nenhuma delas confundiu mais, que as misteriosas cadeiras reservadas para a Sky. Seja quem for que devia sentar ali, não apareceram em nenhum dos painéis que assisti.

Também há rumores de que lojistas empolgados subiram os preços durante a feira. Outros rumores também contam que eles vão passar por uma "conversinha" com os organizadores. Mas isso é boato!


A Experiência

Felizmente, superou minhas expectativas. Especialmente por se tratar de um primeiro evento. Tiveram problemas? Sim. Mas os prós, superaram os contras e só não aproveitou quem não quis. Da parte desta blogueira que vos escreve só tenho uma coisa a dizer: já estou juntando moedinhas...

03 à 06 de Dezembro de 2015. "Quem vamos?"

Leia mais sobre Comic Cons e sobre a  Feira e os Painéis da CCXP

Comic Con Experience aconteceu de 04 a 07/12. A edição 2015 já está programada, será de 03 a 06/12.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top