quarta-feira, 16 de julho de 2014

Juntos e Misturados

Muita gente, muita mesmo, tem um pé atrás com o comediante Adam Sandler. Afinal, apesar de muito populares, seus longas baseiam a comédia em situações grotescas exageradas e escatológicas. Mas uma coisa é possível afirmar quando acompanhado de Drew Barrymore seu trabalho melhora significativamente.

Foi assim no divertido Afinado no Amor (The Wedding Singer - 1998), e no fofo Como se fosse a primeira vez (50 first dates - 2004). Mas já faz dez anos desde a última comédia romântica, e com a idade um fator novo entra na equação: filhos.

Em  Juntos e Misturados Jim (Adam Sandler) e Lauren (Drew Barrymore) tem um péssimo primeiro encontro, daqueles que você não quer nem passar pela pessoa no super-mercado. Mesmo assim, acabam dividindo as reservas de uma viagem de luxo para a exótica áfrica, em uma dessas coincidências que só acontecem na tela grande. Além de lidar com a antipatia um pelo outro, a dupla ainda tem que administrar 5 crianças. Jim, tem três meninas desesperadas por toques de mãe. Enquanto Laurem tem dois meninos que sofrem com a ausência de figura paterna.

É claro, até os dramas das crianças são abordados de forma cômica, mesmo quando soa mais sério que o normal em comédias. Assim temos meninas que se vestem como garotos, e uma delas ainda fala com a mãe ausente. E garotos com sérios distúrbios de personalidade. Se você acha que o casal vai acabar trocando as bolas e ajudando os filhos um do outro, acertou em cheio. Também acertou se acho que eles provavelmente se apaixonariam durante o processo. Nada que comprometa, afinal surpresas não é o que um expectador de comédias românticas procura.

Se já sabemos o que vai acontecer, é claro que a graça fica por conta do "como acontece". É aí que surgem algumas boas piadas, especialmente quando relacionada às crianças, aparentemente com menores em cena a escatologia precisa ser controlada, e os roteiristas precisam se esforçar mais para arrancar risos da audiência.

É claro, ainda há espaço para algumas piadas "menos espertas". Incluindo a participação de Terry Crews (o pai do odiado Chris), com uma piada musical repetitiva, que se não vencer o expectador pelo cansaço, vai ao menos desviar a atenção da ausência da habitual participação especial de Rob Schneider (que também ficou de fora em Esposa de Mentirinha). Os pequenos vão reconhecer a estrelinha do Disney Channel, Bella Thorne, como uma das filhas de Sandler.

Sem grandes surpresas, misturando pastelão com um pouco de sentimentalismo, e personagens caricatos  Juntos e Misturados entrega exatamente o que promete. Mais um filme do Adam Sandler, relativamente melhor que a maioria. Pode não parecer muito, mas se o expectador estiver disposto, vai conseguir algumas horas de diversão.

Juntos e Misturados (Blended)
EUA - 2014 - 117min.
Comédia romântica

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top