terça-feira, 22 de abril de 2014

A Oxford de Lyra

Muitos leitores desaceleram o ritmo nos últimos capítulos de um livro, pois percebem que vão sentir falta das personagens quando a aventura acabar. Outros passam a vida imaginando o que acontecera com eles depois de sua jornada. Alguns criam até suas histórias. Imagine então como é satisfatório descobrir A Oxford de Lyra nas prateleiras de uma livraria?

Na capa descrito como um "Novo Episódio" da Trilogia Fronteiras do Universo. Para quem não está lembrado da saga trata-se de A Bússola de OuroA Faca Sutil A Luneta Âmbar O primeiro virou um longa estrelado por Nicole Kidman e Daniel "007" Craig. Mas não, é! (mesmo porque, aí não seria mais uma trilogia, né!)

A Oxford de Lyra é um pequeno conto. Uma aventura "bônus", no mesmo universo. Passada dois anos após os eventos de Luneta Âmbar, Lyra e seu dimon Pan vão levando sua vida tranquila em Oxford, quando são abordados por um apavorado dimon de Feiticeira a procura de ajuda. Este, os leva a se engajar em uma mini aventura para encontrar um homem com uma profissão misteriosa naquele mundo, Alquimia.
Este livro contém uma história e diversas outras coisas. As outras coisas podem ou não estar relacionadas à história, mas podem também estar ligadas a histórias que ainda não apareceram. Não é fácil saber.
E é isso mesmo! Além da micro-história, que provavelmente vai, apenas, estimular sua saudade daquele universo, a pequena publicação traz anexos desconexos e curiosos. O melhor deles, uma mapa da "Oxford de Lyra", que curiosamente tem a marcação da residência de Mary Malone. - Mas, espera? A cientista não vive na "nossa Oxford"?

Difícil saber o que Pullman pretendia ao escrever A Oxford de Lyra, ele também queria apenas matar as saudades? Queria mostrar que mesmo depois de derrotar o grande vilão, ainda existem perigos no mundo? Testava a possibilidade de novas aventuras para Lyra e Pan? Ou já as tem em mente e está apenas colocando as peças em posição para uma nova corrida?

O jeito é esperar para ver o que o autor tem em mente. Enquanto isso, aproveitar a nova aventura. Embora, para alguns sua simplicidade, e concisão possa ser meio cruel. Ter de se despedir novamente de um universo, quando está ficando divertido e misterioso.

Cruel, divertido e misterioso, sou só eu que preciso de um dimon para discutir essas coisas que lemos?

A Oxford de Lyra (Lyra's Oxford)
Philip Pullman
Objetiva


Leia também as resenhas de A Bússola de OuroA Faca Sutil A Luneta Âmbar

*Philip Pullman escreveu mais um livro do cânone Fronteiras do Universo (His Dark Materials), Era uma vez no Norte (Once Upon a Time in the North) é um prelúdio da trilogia original e conta como o balonista Lee Scoresby e o Urso Iorek Byrnison dois de seus melhores personagens da saga se conheceram. Pullman anunciou outro livro neste universo, The Book of Dust (O livro do Pó, em tradução livre), ainda está sendo escrito e não tem data oficial de lançamento.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top