sábado, 8 de março de 2014

Colin Stokes: Como filmes ensinam masculinidade

Colin Stokes estava só assistindo filmes com seus filhos, quando percebeu como as mensagens dos filmes podem merecer maior importância do que costumamos dispensar a elas. Além de exercer mais influência que imaginamos.

Feliz Dia da Mulher!



*Colin Stokes é diretor de comunicações para as Escolas Cidadão sem fins lucrativos,e pensa profundamente sobre os meios de comunicação que ele compartilha com seus dois filhos pequenos.

2 comentários:

Paulo Cesar disse...

Eu penso ligeiramente diferente. E já testei, em épocas diferentes, com meus filhos: Eu cres ci sem pais prresentes e comecei a ler livros, jornais, depois cinema, teatros arte contemporânea. Hoje posso lembrar de cada coisa como sendo mum instrumento cultural , porque todas aas artes só podem, na minha opinião, enfeixar um pensamentgo ou conduzir a altuma coisa pessoas com certo nível cultural ou intormação efetiva . Você deve saber que, na realidade, o Brasil caminha para atingir 92% de analfabetos funcionais . Daqui há 5 anos será como visitar a Índia . Então, um garoto ou garotão ou rapaz dos dias de hoje , se for assistir a determinados filmes poderá ou não compreender coisa alguma, ou entender errado e não saber o que entendeu. Porque, penso, a cultura é uma construção de sempre , tijolo por tijolo. Falando essa frase, faça um teste com alguns garotos : toque a música do Chico Buarque para eles e coolha seus entendimentos sobre ela. Talvez você se surpreenda.

Fabiane Bastos disse...

Acho que todo esforço é válido Paulo. E se este vídeo estimular a discussão ou abrir os olhos de alguns pais, já me dou por satisfeita.

Mas vou fazer o teste sim, "pó dexá", rs!

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top