sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Guia Básico de Doctor Who

Esteve ausente deste universo nos últimos 50 anos, ou simplesmente não tem BBC ou Netflix, mas tem Facebook, Twitter ou qualquer outra rede social? Então já deve ter notado que amanhã, 23 de novembro de 2013 é um tal de "The Day of the Doctor", e como a maioria dos brasileiros, não faz ideia do que se trata. Você até teve boa vontade e tentou descobrir, mas desistiu ao clicar em um desses links e descobrir enormes  textos, projetados para quem já gosta o suficiente para gastar muito tempo debruçado sobre o assunto.

Pois seus problemas acabaram, eis o
Guia Básico de Doctor Who para Leigos

Doctor Who é uma série de TV britânica que completa 50 anos este ano, mais especificamente no dia 23/11. É a série de ficção mais longeva  já produzida (pensou que o título era de Star Trek, né!). Seu universo expandido também não fica atrás dos trekkers. Os whovians, como são chamados os fãs da série, podem acompanhar suas aventuras em quadrinhos, livros, audio-aventuras, entre outros formatos há 5 décadas.

Em 1963 a BBC precisava cobrir um buraco em sua grade, de preferência com um programa familiar. Criou-se então um programa sobre uma personagem que podia viajar no tempo e espaço em uma nave maior por dentro que por fora, que deveria ensinar ciências e história para a criançada. Pronto, nasceu Doctor Who!

O nome aliais, inicialmente provisório, faz referência a pergunta que quase todas as personagens fazem ao conhece-lo. Uma vez que se apresenta apenas como o Doutor, não há quem não pergunte: Doutor quem? (Doctor Who, em inglês). Seu nome verdadeiro aliais, é um dos maiores mistérios da série, que gerou até protestos nas ruas quando um título de episódio ameaçou divulgá-lo. Mas isso é assunto para um post mais longo.

A você caro não iniciado basta saber que, o Doctor é um Time Lord (Senhor do Tempo), um alienígena com aparência humana (ou somos nós que parecemos com eles?). Ele que viaja pelo tempo e espaço, em uma caixa azul, que é maior por dentro, resolvendo e/ou aprontado, altas confusões geralmente com aliens envolvidos. Sempre acompanhado, seus "companions" são na maioria humanos (e britânicos), mas podem vir de qualquer planeta ou época.


Agora vem a parte complicada! Se você acha difícil trabalhar o desapego quando seu personagem favorito de Game of Thrones ou The Walking Dead morre, imagina ter que reaprender a gostar do protagonistas de tempos em tempos? Pois em 1965 quando o intérprete original do Doctor, William Hartnell começou a apresentar problemas de saúde um novo conceito foi criado.

Descobrimos que os Time Lords tem a habilidade de se regenerar quando mortalmente ferido. Mesmas memórias, aparência e personalidade novas, assim o segundo Doctor, Patrick Troughton entrou em cena. Desde então outros 9 atores encarnaram o papel: Jon Pertwee, Tom Baker, Peter Davison, Colin Baker, Sylvester McCoy, Paul McGann, Christopher Eccleston, David Tennant e Matt Smith. Este ano Smith se despede do papel que vai ficar com Peter Capaldi, o 12°Doctor.

Além dos Doctos a série traz vários atores convidados a cada semana, além dos companheiros constantes de viagem do protagonista. Prepare-se para exercitar o quem-é-quem da lista de atores britânicos que conhece.
Os 11 primeiros Doctors em selos comemorativos, tão britânico isso!!!
Falta mencionar ainda, seu meio de transporte. A tal "caixa azul" que pode viajar no tempo e espaço, se chama Tardis, sigla para Time and Relative Dimensions in Space (Tempo e Dimensão Relativas no Espaço). Tem a aparência de uma cabine de polícia, que era facilmente encontrada nas ruas britânicas nos anos de 1960. A ideia original era que a nave, mudasse de aparência a cada novo pouso, se camuflando no ambiente que se encontra. Problemas orçamentários fizeram os roteiristas tomarem a decisão de "quebrar" o mecanismo camaleão da nave, mantendo-a  permanentemente como uma caixa azul. Mas seu desproporcional interior, recebe redecorações de tempos em tempos.

A série teve um enorme hiato, entre 1989 e 2005. Nessa época, sem os episódios da TV, os fãs podiam acompanhar o Doctor através de audiodramas, livros, quadrinhos e outros materiais. Além de um longa, que tentou reviver a série em 1996. A volta em 2005, com Christopher Eccleston como protagonista, tinha o objetivo de atender os fãs antigos, e apresentar o universo à não iniciados. Apesar de repaginada, manteve seus conceitos principais e atendeu as expectativas, ganhando até séries derivadas. Com uma ajudinha da presença da BBC na TV paga, e a compra da série do Netflix, o programa acabou chegando em terras tupiniquins onde também agradou.

As aventuras da TV, quando na terra, são majoritariamente passadas em solo britânico. Um alívio para quem já cansou de ver Nova York sendo atacada por aliens. Os monstrengos aliais são bastante criativos, principalmente em se tratando de uma série TV, leia-se baixo orçamento. Não espere caros animais de computação gráfica, o maior vilão desta série tem a aparência de um saleiro, que empunha um desentupidor de pia e um batedor de ovos como armas. Sim, a cara é de "filme b", pois o forte é a relação dos personagens, e os roteiros mirabolantes. Além do fim e início do universo (e tudo que existe entre eles), o Doctor já visitou universos paralelos, encontrou a si mesmo, conheceu figuras famosas e esteve por trás de acontecimentos históricos que definiram (ou definirão) nossa existência.

Gostei por onde começo?
O jeito mais fácil é acompanhar a partir do retorno da série em 2005. A maioria dos episódios está disponível no Netflix. Na TV, é exibida pela BBC e a TV Cultura.  A série clássica (1963-1989) é mais complicada (sim é preciso apelar para o download).  Se quiser fazer apenas um teste, para ver se gosta do gênero, procure o episódio "Blink", com  David Tennant, o 10°Doctor.

Ok! Talvez o guia tenha ficado um pouco mais longo que o esperado. Ao menos, consegui colocar (quase) tudo em um único post. Acha que ficou faltando alguma coisa? Quer saber mais? Comente!

O episódio especial para celebrar os 50 anos da série, tem estréia mundial pela BBC, inclusive a brasileira, neste sábado 23/11. A rede de Cinemark, também vai exibir o episódio simultaneamente em diversos cinemas do país. O programa marca a despedida de Matt Smith (11°Doctor), traz de volta David Tennant (10°Doctor), além de suas acompanhantes e participações especiais, como John Hurt.

Assista alguns trailers do The Day of the Doctor - Trailer 1 - Trailer 2.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top