quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Família do Bagulho

Após perder sua mercadoria, o traficante David Burke (Jason Sudeikis) é obrigado a aceitar um trabalho complicado, trazer um carregamento de drogas do México para os EUA. Para despistar ele contrata a stripper (Jennifer Aniston), um garoto virgem abandonado pela mãe (Will Poulter) e uma garota problemática (Emma Roberts), para posar de típica família careta estadunidense em uma viajem de trailer.

É claro que em Família do Bagulho, a falsa família vai embarcar em "altas confusões", com piadas previsíveis e vilões caricatos. Além de descobrir a importância da família, mesmo que de mentirinha. Originalidade não é o forte do filme, mas a produção parece ter consciência disso, assume suas piadas sem graça. Também aproveita o melhor do bom elenco para trazer graça para algumas piadas batidas.

É no carisma do elenco que o filme se sustenta. Ok, Jenifer Aniston é sempre Jenifer Aniston, aqui em sua versão quarentona sexy, mas sustenta a química com Jason Sudeikis e seu quarentão irresponsável. Apesar do sobrenome, a sobrinha de Júlia, Emma Roberts não está preocupada em ser a moça bonita e embarca em sua versão delinquente com eficiência.

Mas é com Will Poulter (o Eustáquio de As Cronicas de Narnia) que surpreende. Não apenas por estar tão crescido (será que ainda servirá para Aslan?), mas por não se intimidar com os colegas muito mais experientes e mergulhar de cabeça no absurdo.

 Com tantos personagens problemáticos, o longa também não tem vergonha de explorar os absurdos. Não chega a comprometer a ponto de aumentar muito a censura, mas não tem medo de piadas mais pesadas, preconceituosas e de gosto duvidoso. Também faz bom uso de referências da cultura pop para arrancar algumas gargalhadas da platéia.

Consciente de que é apenas um passatempo, o filme acaba por conquistar o público com sua assumida  falta de compromisso com sentido. E já que assume que o final é previsível, não exagera no melodrama na hora de mostrar como a família é importante. Sim, é um filme bobo, mas não tenta enganar o expectador se dizendo mais que isso. Já que estamos conscientes do que estamos comprando, não há nada de errado em aproveitar uma hora ou duas de bobeira divertida.

Família do Bagulho (We're the Millers)
EUA - 2013 - 110 min
Comédia

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top