sexta-feira, 14 de junho de 2013

Vida longa e próspera!

Inspirada pelo lançamento de Star Trek - Além da Escuridão, resolvi resgatar um antigo texto sobre a franquia originalmente conhecida por aqui como Jornada nas Estrelas. Publicado no falecido site Pub&Comunic, o texto celebrava os 45 anos da franquia completados em 2011. A versão a baixo foi atualizada.

Criada por Gene Roddenberry, inspirado nas Viagens de Guliver, de Jonathan Swift, para que cada episódio possuíssem uma história de suspense e aventura, e que transmitissem valor moral. Inicialmente foi recusada por ser “too cerebral”, muito cerebral, difícil de entender. Mas o conceito acabou conquistando os produtores de TV e milhares de fãs ao redor do mundo.

A série original Star Trek, também conhecida como "The Original Series", teve apenas três temporadas. Apresentava as aventuras do Capitão James T. Kirk (William Shatner), o Vulcano Spock (Leonard Nimoy) e a tripulação da USS Enterprise, uma nave de exploração da galáctica Federação Unida dos Planetas. Isso tudo em pleno século XXIII.

Desde então a franquia se tornou uma das mais bem sucedidas e cultuadas franquias do entretenimento mundial. Dezenas de produtos, relacionados à franquia foram lançados. E seus fãs conhecidos como “Trekkers” (embora muitos achem o apelido pejorativo), ainda consomem os produtos com voracidade.


Foram produzidas ao todo seis séries de TV (The Original Series, The Animated Series, The Next Generation, Deep Space Nine, Voyager e Enterprise), onze filmes, dúzias de games, centenas de livros e colecionáveis e dois museus com itens da franquia. O impacto cultural foi proporcional ao sucesso.

Além da subcultura, e das convenções de fãs, várias frases entraram para o vocabulário popular e muitos de nossos modernos aparelhos foram inspirados, ou antecipados, pela série. Outro mérito do programa era trazer, ainda nos anos de 1960 um elenco multi-racial, coisa que se tornou comum apenas nos anos de 1980.

Com quase 50 anos de produtos, Star Trek criou um legado tão extenso quanto os anos luz que a Entreprise percorreu. Contudo se você tem menos de 50 anos, e está se sentindo atrasado em relação à franquia (afinal é difícil colocar 4 décadas de filmes, séries e livros em dia), não se desespere.

Em 2009, Star Trek de J.J. Abrams (também responsável pelo longa que estreia hoje), reiniciou a franquia, apresentando as aventuras de Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto) e cia para novas gerações. Tudo isso sem desrespeitar a série original (nada como a ficção científica para estabelecer uma nova realidade sem descartar a anterior).

Agora que já sabe tudo que precisa, corra até o cinema mais próximo para ver Além da Escuridão. Se gostar, mantenha a empolgação e corra para o Netflix, ou para a locadora mais próxima e coloque tudo em dia!

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top