quarta-feira, 27 de julho de 2011

Transformers 3 - O Lado Oculto da Lua

Aviso: se um dia você se candidatar a personagem de um filme de Michael Bay, esteja preparado para a frustração. Pois, é possível que, mesmo que você salve o mundo 2 vezes, seja condecorado pelo próprio presidente, estude nas melhores universidades bancado pelo governo e tenha robôs alienígenas gigantes como melhores amigos você continue sendo o mesmo perdedor de antes de tudo  que mencionei anteriormente acontecer.

É assim que encontramos o pobre Sam Witwicky (Shia LaBeouf), no terceiro longa de Transformers. Aceitando um emprego muito abaixo das expectativas, sustentado pela nova namorada e com um péssimo carro, já que Bumblebee está a trabalho com os outros Autobots.

O trabalho inclui, além de manter seu novo lar e todos os que vivem nele seguros, resgatar um Autobot que caiu na lua na época da corrida espacial, com uma carga preciosa. E teria causado a aceleração da corrida espacial. Única idéia inspirada (embora não seja novidade no cinema), é a inclusão de fatos reais na trama. Através de vídeos de arquivo, recriações e alterações digitais de aparencia falsa perto dos muito bem elaborados robôs. O resultado é interessante, mas não o suficiente para nos manter completamente a par da trama.

Fica claro que a história foi construída em torno das cenas de ação. Impossóvel não imaginar a "equipe criativa" discutindo: Não seria legal se o Bublebee, fizesse isso? Ótimo agora inventa um motivo para ele fazer. - O resultado são ótimas, tecnicamente perfeitas, cenas de ação. Já que o filme foi feito para mostra-las! O mínimo era mostrar direito.

Entre uma demolição e outra em Chicago, um caco de história para justificar a presença do longa. Os quarenta minutos finais por sua, vez esquecem até dos cacos e, se empenha unica e exclusivamente e uma infinita, e catastrófica batalha de robôs gigantes com algumas frases de efeito. O resultado, é ao final da seção não lembrar muita coisa da história ou dos personagens. Ou alguém aí sabe o nome do militar interpretado por Josh Duhamel nos tres longas da franquia? Capitão William Lennox . Sim, eu "Googlei"!

Se é dificil lembrar de um personagem que aparece em todos os longas. Menos ainda resta para Rosie Huntington-Whiteley (substituta a altura de Megan Fox como namorada do protagonista. Bonita e vazia!), e Patrick Dempsey (o humano mal da vez?). É claro que vamos lembrar que eles estavam lá, mas a informação raramente vai além do que descrevi nos dois parênteses anteriores. E ainda existem o elenco de apoio e os alívios cômicos, com suas piadas esquecíveis.

É claro, que a grande maioria do público de ação vai vibrar com o longa. Especialmente em relação ao realismo dos aliens, e do 3D que contrariando as expectativas (de que teríamos convulsões pela soma da tecnologia em terceira dimensão e os cortes frenéticos de Bay), é bom. Entretanto se você não tem a habilidade de exigir pouco da lógica, pode ficar incomodado. Particularmente, fico me perdendo entre quem está aonde, lutando com quem.

Termino esta humilde análise de forma bem parecida com a resenha do filme anterior da franquia (eu? sugerindo que o filme é mais do mesmo? Imagina!). Transformers 3 - O Lado Oculto da Lua, tem uma história ruim e boas cenas de ação, até dá para divertir. Resta saber por quanto tempo, mesmo o  cérebro mais amável, vai compensar a falta de sentido com a ação sem limites.

Transformers 3 - O Lado Oculto da Lua (Transformers - Dark of the Moon)
EUA - 2011 - 157 min
Ação / Ficção científica

Resenha de Transformers: A Vingança dos Derrotados (2009)

2 comentários:

Giselle de Almeida disse...

Até hoje não vi nenhum Transformers. Não sei por que essa série não me atrai. Quem sabe um dia, quando estiver passando na Tela Quente... :)

Fabiane Bastos disse...

Ai, tela quente não. Dá muita propaganda. São filmes "de menino" -carrões q viram robôs gigantes - não era p/atrair agente mesmo.

No cinema tinham 4 salas c/ Harry Potter, e minha companhia não quis ver de novo (boba ela!) então,era Transformers ou Carros.

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top