sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Karatê Kid

Atenção fãs do original dos anos 80: não há karatê neste longa! Contudo não há pelo que se desesperar, o novo Karatê Kid é na verdade uma grande homenagem ao clássico estrelado por Ralph Macchio e Pat Morita. Além de uma oportunidade de apresentar a franquia as novas gerações.

A arte marcial trabalhada no longa de 2010 é o Kung Fu. Afinal a arte marcial lecionada pelo Sr. Miyagi é japonesa e Dree Parker (Jaden Smith) protagonista da nova versão de um clássico dos anos 80 muda-se com a mãe para China. Terra da grande muralha e do astro de filmes de artes marciais Jackie Chan. Este por sua vez encarna Han, o mestre que irá iniciar Dree no Kung Fu.

Logo que se muda Dree se encanta por uma Meiying (Wenwen Han) e, pasmem, ele conquista a menina de cara! Mas é claro que há um garoto chines que não vai gostar nada disso. Ele junta os colegas da academia de Kung Fu e começa a perseguir Dree. É para impedir o bullying (nos anos 80, essa implicancia não tinha nome, né!), que o zelador do prédio onde o garoto mora entra na briga. E resolve treinar o Dree para que ele enfrente os valentões em um torneio.

Acostumado a ser o centro das atenções em seus filmes, Jackie Chan se sai muito bem como apoio de Jaden, a dupla tem uma boa química. E embora Dree seja o protagonista, ainda sobra espaço para desenvolver um a história do mestre, o que Chan faz muito bem em sua atuação mais contida até hoje.

Jaden, se esforça e se sai bem. Praticante de karatê desde os 3 anos tem porte e habilidade para as lutas. Além de ter herdado o carisma do pai Will Smith logo, não é difícil torcer por ele. Embora os trechos do romance do menino e o excesso de paisagens turisticas usadas como cenário, arrastem um pouco a história, não chega a incomodar. Especialmente as meninas, que sabem que não é só de lutas que se faz um filme.

Will Smith se mostra bom pai e produtor. Ele soube escolher o veículo perfeito para lançar o filho. O menino já havia chamado a atenção no ótimo A Procura da Felicidade, e razoável O Dia Em que a Terra Parou. Mas, é em Karatê Kid seu primeiro papel principal.

Toda a sequecia de treinamento e as cenas de luta, são bem coreografadas e visualmente bonitas. Especialmente em se tratando de crianças tão pequenas. Diferente do original, aqui Dree ainda é um pré adolescente.

E por falar no original, não esperem cercas pintadas, nem carro encerado. Hans, não usa Dree como ajudante, o negócio dele é ensinar o menino como tirar e colocar o casaco. E é claro que no final o estranho treinamento faz sentido.

Entretanto se ainda assim você ainda está incomodado com o fato de um filme que se chama Karatê Kid, mostrar a arte do Kung Fu, fique sabendo que o título chinês do filme é sim Kung Fu Kid. Depois esqueça isso, deixe o excesso de exigências de lado e vá curtir uma boa seção de nostalgia. Te vejo no cinema gafanhoto!

Karatê Kid (Karate Kid)
EUA - 2010 - 140 min.
Ação / Drama

2 comentários:

Giselle de Almeida disse...

Ah, acabei de postar sobre o filme lá no meu blog! Acho que desta vez concordamos. :)

Gostei muito do filme.

bjs

Fabiane Bastos disse...

Concordamos? Isso seria inédito!!!

Também adorei. Sinto muito Daniel Sam, vc vai ter que dividir espaço c/ shaun Dree!

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top