quinta-feira, 17 de setembro de 2009

UP - Altas Aventuras

Finalmente assisti a Up - Altas aventuras. A causa da demora? Queria ver a primeira empreitada da Pixar em 3D, com a melhor tecnologia possível. Infelizmente o cinema com salas 3D mais próximo fica meio na contra mão, por assim dizer. Mas sabe o que descobri? Não era preciso.

Não que a tecnologia atrapalhe a narrativa ou não seja bem aplicada. Pelo contrário, ela leva o expectador a uma nova experiência. Vivenciamos o 3D aplicado em prol da narrativa, sem nada pipocando na tela para te distrair. Apenas curtindo estar imerso naquele visual vibrante e encantador enquanto a jornada se desdobra.

Então porque não era necessário? Porque na Pixar o que importa mesmo é a história, a tecnologia é usada apenas como uma forma ainda mais espetacular de conta-la. Então mesmo se assistido em uma TV 14 polegadas ou na telinha de um notebook Up ainda é incrível e tocante.

Carl Fredricksen, 78 anos é um vendedor de balões aposentado que ficou bastante ranzinza desde que perdeu sua amada esposa Ellie. A vida do casal é contada logo no comecinho com uma sequência sem falas que deixou muito marmanjo com os olhos marejados na sala escura.

Quando forçado a deixar a casa cheira de lembranças em que viveu com a esposa Carl resolve em homenagem a esposa fazer a viagem com que ambos sempre sonharam, e que embora tentassem a vida sempre desviou de seu caminho. Mas como eu disse ele não deixaria a casa cheia de lembranças, então descobriu uma forma inusitada de viajar. Atou a casa a milhares de balões de gás coloridos e alçou voo para o a América do Sul. O Carl que ele não esperava era ter um passageiro clandestino, o animado e prestativo escoteiro Russel de 8 anos.

Os dois seguem em uma aventura cheia de perigos, personagens curiosos (tem um cachorro que FALA!), e visual deslumbrante. Tudo isso para Carl descobrir que viveu sim com ele uma grande aventura e que nunca é tarde para partir para outra.

O Paraíso das Cachoeiras o lugar que Carl e Ellie sonharam em conhecer desde crianças em plena Floresta Amazônica Venezuelana, foi inspirado em Salto Angel, a mais alta queda d'agua do mundo (tem cerca de 1000 metros). É claro que na versão Disney ela foi amplificada, com 3 mil metros, a torna a paisagem ainda mais deslumbrante e poética. Imaginem uma casinha de madeira içada por balões coloridos, navegando pela imensidão azul em direção a uma cachoeira gigantesca!

O visual do filme é colorido, deslumbrante e atípico. O protagonista tem o rosto mais quadrado e achatado que o normal, o que difere do estilo de proximidade com o real da Pixar, mas completa a composição do personagem. Sua forma quadrada e de cores austeras contrasta com o rechonchudo Russel, a colorida ave Kevin e a paisagem deslumbrante em que a trama se desenrola.

A versão dublada tem Chico Anysio como a voz de Carl. Além de fazer um ótimo trabalho, convenhamos o comediante é a cara do personagem.

Up - Altas Aventuras (Up)
EUA - 2009 - 96 min
Aventura / Animação

3 comentários:

Dri Viaro disse...

oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar bom dia
bjss

aguardo sua visita :)

Giselle de Almeida disse...

Eu quero ver "Up", eu quero...

Fabiane Bastos disse...

Vc não viu? Pq?????
Vc vai curtir!

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top