quinta-feira, 18 de junho de 2009

Fiz faculdade atoa?!?

O Supremo Tribunal Federal anunciou esta semana que o diploma de jornalismo, instituído no país a 40 anos, não é mais obrigatório para exercer a profissão. As empresas podem contratar profissionais de outras áreas ou mesmo sem formação para trabalhar como jornalistas.

Segundo os ministros a obrigatoriedade do diploma limita a liberdade de expressão. Um argumento bastante sem sentido na era da internet, a qual os brasileiros tem cada vez mais acesso, e onde qualquer um pode se expressar a vontade.

Outro argumento defendido a anos era que a não obrigatoriedade protegeria os jornalistas não formados que já trabalham na área. Sinceramente quem vai implicar com o cara que exerce a profissão a 10, 20 anos? Esses profissionais já tem um "direito" adquirido sobre o cargo. Temos que nos preocupar com a garotada nova que chegando na profissão e precisa estar preparada para o manter a qualidade do trabalho, conquistada pelos caras que estão por aí a tempos

É claro! As grandes empresas não vão contratar qualquer um, mas e as pequenas?

Os jornais, rádios e TVs, regionais e de cidades pequenas, que já abusam dos estagiários para economizar, vão aproveitar para excluir de uma vez por todas os profissionais diplomados (leia-se mão de obra mais cara) de suas redações.

Para muitos profissionais esses veículos são a única opção de trabalho, e são essas pessoas que sairão perdendo, bem como a informação, uma vez que "notícia dada é paciente morto", não adianta consertar depois. Os erros e incoerências, já constantes nesses veículos, serão cada vez mais frequentes. O publico receberá um trabalho de má qualidade, fruto de um profissional mal preparado.

E para o ministro que comparou o jornalista a um cozinheiro: mesmo o melhor cozinheiro não formado do mundo, fez muitos pratos ruins no inicio. O problema não dá para tirar o gosto de uma notícia ruim com um simples copo d'agua.

1 comentários:

Giselle de Almeida disse...

Acabei de ler uma notinha sobre um concurso para jornalistas, que agora vai ter que abrir vagas para profissionais de qualquer curso superior. Eu não tinha pensado nisso, por exemplo. Sacanagem com quem se preparou, a concorrência já era tremenda, imagina agora?

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top