quinta-feira, 28 de maio de 2009

Uma Noite no Museu 2

Depois de sobreviver a sua primeira noite no museu, Larry (Ben Stiller) deu uma guinada na sua vida. Abriu uma empresa de invenções, largou o trabalho de guarda noturno e ficou podre de rico. Mas como dinheiro não é tudo, parece que ainda falta algo na vida do protagonista

Em uma visita que faz aos amigos moradores do museu, Larry descobre que a maioria das peças será substituída por atrações holográficas e interativas, e levadas para o arquivo nacional que fica no subsolo do Smithsonian (as exeções são, o Rex, de Teddy Roosevelt (Robin Williams), a cabeça da Ilha de Pascoa, o Faraó e sua placa "mágica"). É claro que a placa viaja junto por engano, e vira objeto de cobiça de Kahmunrah (Hank Azaria), que pretende usar seus outros poderes extraordinários do para dominar o mundo (é claro!). A partir daí a história se repete, com o personagem de Stiller correndo para consertar tudo, enquanto esbarra em artefatos e personagens históricos e tenta não destruí-los.

É na nova locação que está a graça do filme. O maior museu do mundo, o Smithsonian, é na verdade um conjunto de 19 museus e 9 centros de pesquisa, todos interligados por túneis subterrâneos. Diferente do Museu de História Natural de NY, onde a maioria das peças está ligada a história natural (Dã!), o complexo de Washington tem um acervo muito mais amplo. Personagens históricos, esculturas e quadros famosos, invenções, todos desfilam na tela com o único propósito de divertir os expectadores.

A formula pronta (com direito a piadas repetidas), combinada com uma variedade incrível de personagens pode não ser original, mas funciona que é uma beleza. Agrada desde nerds fãs de Star Wars (como a que vos escreve), até adolescentes histéricas (atenção aos Jonas Querubins).

Além de animar o Pensador de Rodin e um cachorro de bexiga gigante o longa traz de volta a vida, o caubói Jedediah (Owen Wilson) e o Imperador romano Octavius (Steve Coogan). Entre os novos personagens estão a primeira aviadora a atravessar o Atlântico Ameria Earhart (Amy Adams), Ivan, o Terrível (Christopher Guest), Napoleão Bonaparte (Alain Chabat) e o jovem Al Capone (Jon Bernthal). Os vivos de verdade fazem apenas pequenas participações, Rick Gervais volta ao papel de diretor do museu de Nova York, enquanto Jonah "Superbad" Hill é o vigia do Smithsonian.

Uma Noite no Museu 2, traz personagens legais, aventura e boas piadas. Logo, basta ignorar que os americanos não atribuem a invenção do avião ao brasileiro Santos Dummont, e sim aos estadunidenses irmãos Wright, para ter duas horas de diversão pura!

Uma Noite no Museu 2 (Night at the Museum: Battle of the Smithsonian)
EUA - 2009 - 105 min
Ação / Comédia

Leia Mais ››

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Dia do Orgulho Nerd

Hoje, dia 25 de Maio, comemora-se o dia do Orgulho Nerd (ou Orgulho Geek, se preferir), cuja inteção é relembrar o direito de toda pessoa ser um nerd (ou geek). A data relembra a premiere de Star Wars - Uma Nova Esperança, em 1977.

A primeira celebração aconteceu na Espanha e na internet, em 2006. No ano seguinte a comemoração cresceu, alcançando todo a Espanha, e com vários eventos oficiais promovidos por várias instituições. Houve até doação de sangue nerd. Em 2008 o Dia do Orgulho Nerd foi comemorado também nos Estados Unidos, divulgado por vários blogs e sites. Em 2009 alguns eventos (como este) vão comemorar a data em terras brasucas.

Dia 25/05 também é comemorado o Dia da Toalha, em homenagen aos fãs da série O Guia do Mochileiro das Galáxias de Douglas Adams. Na saga vivida por Arthur Dent a toalha é equipamento especial de qualquer mochileiro, uma vez que é util nas mais diversas situações. Convenhamos, isso também é muito nerd! Olha o site oficial do Dia da Toalha no Brasil.

Eu como pseudo-nerd que sou, não podia a data passar em branco e resolvi colocar aqui o link para minhas postagens mais nerds. Antes de tudo, eis aqui o manifesto nerd (é claro que temos um!). É por causa dele que só me considero pseudo-nerd, ja que não consigo seguir todas as suas diretrizes.

Direitos
  1. O direito de ser ainda mais nerd.
  2. O direito de não sair de casa.
  3. O direto de não ter um par romântico e de ser virgem.
  4. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
  5. O direito de se associar a outros nerds.
  6. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
  7. O direito de ter tantos amigos nerds quanto quiser.
  8. O direito de não ter que estar "no estilo".
  9. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de vista.
  10. O direito de expressar sua nerdice.
  11. O direito de dominar o mundo.

Deveres

  1. Ser nerd, não importa o quê.
  2. tentar ser mais nerd do que qualquer um.
  3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, você tem que dar sua opinião.
  4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que você tenha.
  5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um "museu da nerdice".
  6. Não ser um nerd genérico. Você tem que ser especialista em algo.
  7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estréia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
  8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
  9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
  10. Tentar dominar o mundo!

E por falar em nerdice...

Cinematográfica
X-men Origens: Wolverine, Watchmen: O Filme, Aderindo Oficialmente, Com uma semana de atraso, Overdose cinematográfica, Impressões sobre o Globo de Ouro, John Williams é o cara!, Rebobine por favor, Mix Explica: Star Wars, Isso sim é um trailer, Contando os Minutos,
Quando Hollywood encontra Bollywood, Direto do Túnel do Tempo, Oscar 2008, Sweenwy Todd - O barbeiro demoniaco da Rua Fleet

Em série
Voltando a me afogar em séries, Afogada em séries (outra vez), Afogada em séries, Evolução Televisiva, Dúvidas Televisivas

Outras
A volta do Meu Pequeno Pônei, Diga não ao bloqueio de blogs, Contos de Beadle, o Bardo, Prêmio Dardos, Off no importance, act3, Saídos da minha estante, De antes das Cavernas

Fonte:Wikipédia

Leia Mais ››

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Entreouvido por aí...

Em uma rádio local...
Locutor divulga sua opinião:

- Eu sou a favor das palmadas. Espancar não! Mas umas palmadinhas no bumbum e nas pernas, eu dou no meu filho, com certeza!

Francamente eu acho que pancada não educa ninguém. Agressão é agressão (física e verbal), não importa a intensidade. E você o que acha? Educaria seus filhos com porrada? Se sim admitiria isso publicamente.

P.S.: Até o momento o tal locutor não foi acusado de maus tratos.

Ainda na rádio...
Uma propaganda de um jornal impresso local se desculpava pelo atraso da publicação nas bancas ao final o locutor educadamente agradece:

-Obrigado aos leitores e assinantes do jornal 'nome tal' pela compreensão.

Porque assinantes não lêem publicação,só assinam!

Já no cinema...
Em meio as gargalhadas causadas pelo trailer do novo A Era do Gelo, onde Scrat fica na dúvida entre a noz e uma possivel namorada, um homem, oculto pela escuridão da sala, tem uma revelação, e compartilha com todos em voz alta:

- Mulher é mulher, não importa a espécie!

Nem preciso dizer que gargalhadas escandalosas seguiram o cometário.

Abaixo dois trailers do filme, o primeiro é o causador de tamanho esclarecimento!

Leia Mais ››

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Anjos e Demônios

A morte do Papa. O sequestro dos quatro Preferitti (os favoritos para assumir o cargo de pontífice). O assassinato de um cientista. O roubo, e a ameaça de explosão de um fragmento de antimatéria. Os atos, atribuídos a uma antiga sociedade secreta, os Illuminati, levam Robert Langdon (Tom Hanks) de volta a uma correria para encontrar pistas necessárias para salvar os padres e evitar a desintegração do Vaticano, e consequentemente da Igreja Católica, em uma grande explosão.

Mesmo perdendo a popularidade com a igreja (após os acontecimentos de O Código Da Vinci, não sei porque, tudo foi encoberto!), Langdon é chamado as pressas para ajudar nas buscas (leia-se decifrar pistas, estilo caça ao tesouro) pelos padres desaparecidos, pela bomba, e pelos culpados, os Illuminati. Acompanhado pela cientista Vittoria Vetra (Ayelet Zurer), única capaz de evitar que a bomba exploda e transforme o menor país do mundo em uma grande cratera, ele precisa encontrar as pistas do "Caminho da Iluminação", uma rota secreta que levaria ao local de encontro da antiga sociedade, antes que os padres sejam mortos, com pouca colaboração do Vaticano e sem chamar atenção da multidão que espera pelo resultado do Conclave.

Seguindo a linha dos livros de Dan Brown, o enredo mistura fatos e ficção. Com ritmo é mais frenético que o de Código Da Vinci, Anjos e Demônios tenta agradar a crítica (que não gostou do excesso de explicações do anterior) e acelera a ação. O problema é que a correria é tanta que não sobra tempo para explicar bem o enredo, mais elaborado e detalhista que a primeira aventura do simbologista.

Aparentemente, medo de cair no mesmo erro, levou o longa a cortar grande parte da explicação da trama. O que faz, até quem conhece a história, ficar meio perdido com as explicações jogadas as pressas pelos personagens em meio ao corre-corre.

Levado para os cinemas na ordem inversa, à franquia literária (onde na verdade Da Vinci é a sequência), o longa também traz algumas diferenças em relação ao livro. Muitas dessas mudanças fruto da inversão cronológica, outras aparentemente só para confundir quem leu o original.

Contudo, Anjos e Demônios é um grande filme de férias, com belas imagens (não tem como Roma ser feia, né!), musica vibrante, coadjuvantes de luxo como Evan McGregor (Carmelengo Ventresca), Stellan Skarsgård (Richter), e Pierfrancesco Favino (Comandante Olivetti), e ação ininterrupta. Deve agradar a quem busca duas horas de pura diversão!

Anjos e Demônios (Angels & Demons)
EUA - 2009 - 138 min
Suspense
Leia Mais ››

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Princesa e o sapo

De volta aos velhos tempos! A Disney divulgou essa semana o pôster e o primeiro trailer de The Princess and the Frog, animação em formato tradicional. Para refrescar a memória dos viciados em animação 3-D, o início do vídeo é reservado para relembrar os antigos clássicos.

A história se passa em Nova Orleans (para apoiar a reconstrução da cidade destruída pelo furação Katrina), na época do nascimento do Jazz. Outra novidade é que o longa trará a primeira princesa negra do estúdio. Aparentemente a franquia Princesas é uma das mais lucrativas, e vai ficar ainda mais, quando todas as meninas puderem se identificar fisicamente com ao menos uma delas. O estranho é que pelo trailer temos a sensação que a princesa passa mais tempo verde do que com uma cor humana.

Basta saber se a garotada que nasceu depois que "encontramos o Nemo" vai curtir o estilo que crescemos adorando. The Princess and the Frog chega aos cinemas 'estadunidenses' no Natal de 2009. No Brasil a estréia é em Fevereiro de 2010.

Curta o trailer!

Leia Mais ››

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Voltando a me afogar em séries!

Mesmo já estando abarrotada de séries (e sem tempo) para assistir, não pude evitar a incluir maus duas no meu cardápio. É que, além das novas temporadas e séries anunciadas pelo SBT para estrear em maio, a rede do baú ainda colocou mais duas sem aviso (outra vez!) em sua grade.

Kyle XY, estreou domingo, 03/05, substituindo Smallville. Kyle (Matt Dallas) acordou na floresta sem conhecimentos de nosso mundo, memórias, roupas, ou mesmo umbigo(?!). Mais inexperiente que um bebê (bebes sabem comer e dormir, ele nem isso), é levado para uma instituição infantil é aí que descobrem a ausência da parte anatômica que nos ligava ao ventre materno.


A terapeuta Nicole Trager se interessa pelo caso e, mesmo sob os protesto do marido Stephen (Bruce Thomas) e dos filhos adolescentes Lori (April Matson) e Josh (Jean-Luc Bilodeau), leva o rapaz para casa, até encontrarem seu verdadeiro lar.

Apartir daí a série acompanha Kyle e a família dele conforme ele desenvolve habilidades sociais, aprende sobre a vida e tenta buscar resposta para sua estranha origem. A graça da série está nas observações curiosas de Kyle para coisas cotidianas nas quais não prestamos atenção, mostrando que se observamos de perto alguns de nossos hábitos não fazem sentido.

Pushing Daisies - Um toque de vida, estreou na ultima segunda, 04/05, após o jornal dos SBT (para quem usa relógios normais, por volta da 1h30 da manhã). Ned (Lee Pace) descobre, aos 9 anos, 27 semanas, 6 dias e 3 minutos de vida, que tem um dom incomum, ao tocar pessoas, animais ou mesmo frutas mortas pode trazê-las de volta a vida. Contudo há algumas consequências para o uso desse poder. Se trouxer alguém por mais de 1 minuto outra pessoa (a mais próxima) morreria em seu lugar. E se tocar as pessoas a quem ressuscitou uma segunda vez, ela morreria definitivamente.

Quando adulto seu "dom" é descoberto acidentalmente pelo detetive-caçador de recompensas, Emerson Cod (Chi McBride). Cria-se então uma sociedade entre os dois onde Ned ressuscita vitimas de assassinato apenas para perguntar quem é seu assassino. Em uma dessas lucrativas missões Ned traz de volta sua amiga (e amor) de infância Chuck (Anna Friel), mas não consegue deixa-la morrer novamente. Começa então um romance intocável entre os dois.

Com narrativa de contos de fada e visual dos filme de Tim Burton (com um pouco mais de cores talvez), a série tem seu estilo próprio de investigar crimes, passando longe das dezenas de séries policiais que abarrotam a TV.

Junto com as novas temporadas de Uglly Betty, Grey's Anatomy, e a inédita Terminator: The Sarah Connor Chronicles, Kyle e Pushing Daisies prometem alegrar quem depende da TV aberta para assistir séries. Coincidência ou não as duas ultimas já foram canceladas, enquanto Terminator esta sempre sobre fortes ameaças. Será que são mais baratas assim?

Leia:
Leia Mais ››

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Tá com sede???

Com a chegada do Dia das Mães, a mídia nos abarrota de propaganda de mães felizes sendo agradadas por crianças fofas.

Resolvi entrar na onda, mas acho mais justo mostrar a relação mães e filho real. Aquela que acontece no resto do ano, quando são elas que nos agradam a todo momento.
E também porque recebi por e-mail esse comercial de uma marca italiana de água mineral e não resisti. Nada como água para matar a sede! Concorda???

Feliz Dia das Mães, para todas as mamães da blogsfera, e para a minha também!!!


Leia Mais ››

segunda-feira, 4 de maio de 2009

X-Men Origens: Wolverine

Tarefa complicada levar um filme solo do carcaju as telas grandes, também é complicado avaliar um filme desses, por isso tantas resenhas tão distintas tem rolado por ai. Logo, mesmo tendo disponibilizado essa resenha aqui, dou aos leitores um conselho que já mencionei no blog algumas vezes: só há uma maneira segura de descobrir a verdade sobre um filme, indo assistir. Assista por si mesmo e decida se é bom ou não para você!

Considerado mais como estratégia comercial, que como uma mudança no rumo da franquia, o quarto longa dos X-Men é também o primeiro filme solo de um de seus personagens. Nada mais natural que escolher o mais popular deles para abrir essa nova fase da saga mutante nos cinemas. Então Hugh Jackman coloca as garras pela quarta vez, para contar a história de Wolverine na tela grande.

James Howlett é apenas um menino quando, em 1845, ao presenciar uma tragédia familiar descobre seu poder mutante revelando pela primeira vez suas garras. A partir daí vive de guerra em guerra sempre acompanhado do Victor Creed/Dentes-de-Sabre (Liev Schreiber), revelado seu meio irmão na tal tragédia.

Quando capturados no Vietnã, seu potencial e descoberto pelo Major Willian Striker (Danny Huston) que os recruta para fazer parte de uma equipe paramilitar mutante (e secreta, claro!). Durante a busca de um artefato misterioso, James se mostra descontente com o trabalho da equipe e a abandona, mesmo entre os protestos de seu meio-irmão.

A partir daí acompanhamos a história seis anos mais tarde, com uma sucessão de acontecimentos que vão levar James a abandonar a vida pacata que escolhera, virar cobaia do projeto Arma X, tornar-se Wolverine, e perder para sempre a identidade de James.

Tão apinhado de mutantes quanto os primeiros tres X-Men, o longa só não conta com o trabalho de equipe entre eles. A pancadaria rola solta e não decepciona quem gosta de ver uma profusão de poderes na tela, embora alguns efeitos especiais pareçam um pouco falsos.

O ritmo é frenético, em especial na segunda metade do longa quando parece que a trama está com pressa para chegar ao "gran-finale". Entretanto, aparentemente, deixar a adrenalina a 1000 somado com o carisma dos atores funciona muito bem. Jackman consciente da importância do personagem para sua carreira, se esforça ao máximo e carrega o filme nas garras, e o resto do elenco o acompanha, em especial Schreiber.(Sinto muito Tyler Mane, mas depois de Schreiber assumir ninguém mais vai lembrar que você foi Dentes-de-Sabre no primeiro X-Men).

Entre os outros mutantes que dão as caras estão Silverfox (Lynn Collins), Deadpool (Ryan Reynolds), Blob (Kevin Durand) e Gambit (Taylor Kitsch). Temos ainda um hobit e um musico mutantes, ja que Dominic 'Pipin' Monaghan encarna Beak, e Will.i.Am está divertidíssimo como o teleportador John Wraith.

Controvérsias a parte o longa é diversão na certa. O público concorda, 87 millhões de dólares no primeiro fim de semana!

Para curtir basta aceitar que Wolverine tem seu próprio caminho a seguir nos cinemas, independente da expectativa da mídia especializada, dos fãs, e mesmo dos quadrinhos (existem varias diferenças que os fãs fervorosos vão odiar, mas o resto nem vai notar). É mais ou menos como Smallville: É o herói que você conhece e adora mas em uma mídia com sua própria tragetória.

Então relaxa na cadeira coma sua pipoca, e não saia da sala até os fim dos créditos.

A propósito se precisar de uma desculpa para assistir mais de uma vez, as cenas pós creditos são duas, mas só uma é exibida em cada sala. Cópias diferentes tem cenas diferentes!

X-Men Origens: Wolverine (X-Men Origins: Wolverine)
EUA - 2009 - 107 min
Aventura
Leia Mais ››
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top