domingo, 18 de janeiro de 2009

Coração de Tinta

O restaurador de livros Mo Folchart (Brendan Fraser) tem um dom raro, é capaz de trazer à vida personagens e situações de livros apenas lendo-os em voz alta. O problema é que toda vez que alguém sai do livro, uma pessoa do mundo real entra em seu lugar, por isso Mo não lê nada em voz alta desde o desaparecimento da esposa.

Sozinho com a filha Meggie (Eliza Bennet, uma das crianças de Nanny McPhee), viaja de sebo em sebo a procura do livro Coração de Tinta. Título que lia quando a esposa desapareceu deixando em seu lugar, o vilão Capricórnio (Andy "Gollun" Serkins), e o engolidor de fogo Dedo Empoeirado (o sempre ótimo Paul Bettany).

Baseado no livro da escritora alemã Cornélia Funke (O Pequeno Vampiro e O Senhor dos Ladrões), o longa traz um ótimo argumento, (Quem nunca quis conhecer a Capitu só para perguntar se ela traiu mesmo Bentinho?), mas comete o mesmo erro que Eragon.

Na tentativa de tornar o longa mais comercial (leia-se mais fácil de entender, eles acham que o publico é burro?), a magia do livro fica para trás. A história é apresentada de forma corrida colocando os personagens em uma maratona para chegar bem rápido ao "gran finale". Ignorando as inúmeras possibilidades que a história oferece e provavelmente alguns capítulos do livro também (é não li esse!).

Mesmos as divertidas referências literárias (é o Totó realmente deixou o Kansas, e o TicTac cansou do Gancho) espalhadas aqui e ali, podiam ser melhor trabalhadas.

O elenco se esforça, e Paul Bettany até consegue se sobressair com seu vilão-bonzinho (daqueles que amamos odiar), mas no geral os personagem mereciam um tratamento melhor do roteiro, assim como todo o filme.

Helen Miren (a Rainha) está divertida fazendo uma tia-avó, um tanto amalucada, de Meggie. Enquanto Jim Broadbent faz o escritor de Coração de Tinta, que tem diálogos hilários com os personagens que ele mesmo criou. Não é para menos, imagine ficar cara a cara com alguém que você mesmo inventou!

Coração de Tinta é uma ótima idéia, que foi mal executada.
Resta saber se a bilheteira será suficiente para estimular a produção dos dois outros livros da trilogia de Funke. E esperar que recebam o tratamento que merece, bem acima do filme atual.

Coração de Tinta - O Livro Mágico (Inkheart)
EUA / Reino Unido, 2008 - 105 min Aventura / Fantasia

3 comentários:

naomi disse...

fiquei doida pra ler o livro!

Fabiane Bastos disse...

Eu também. Ainda mais pq é uma trilogia, deve ter muito mais conteúdo.

Francisco Castro disse...

Esse livro deve ser muito interessante que deve ter um conteúdo muito bom e muito divertido.

Abraços

Francisco Castro

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top