quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Mix Explica: Star Wars

Em tempo de estréia de Star Wars: The Clone Wars nos cinemas, encontro mais um texto antigo sobre a série.

O texto escrito em 2005, (na época do lançamento do Episódio III - A Vingança do Sith) fazia parte de um trabalho de faculdade. Um projeto gráfico onde o mais importante era o layout da revista (é sério o texto podia ser um monte de nonon, que a professora não ligava), mas resolvemos escrever os textos de verdade. Como o compromisso com o texto era menor os mesmos ganharam um tom divertido, o que acabou se tornando a melhor parte da revista.

Leia agora o guia "Fabiane" para entender Star Wars, originalmente publicado na revista Mix Cultural (é, é o mesmo nome de um dos blogs da minha lista), na seção Mix Explica.

MIX Explica
Star Wars

Um jovem herói, um vilão perfeitamente malvado, duelos de espadas, uma princesa, naves super-rápidas capazes de manobras radicais e espadas-laser de nome maneiro: sabre de luz. Há pouco tempo, mais precisamente há 28 anos, essa era a receita de um filme muito estranho, que não pagaria suas despesas.


Hoje cinco seqüências depois e com vários milhões nos bolsos de George Lucas, ninguém duvida que essa história interessaria ao público. Ainda mais se forem conferir os 393 milhões de dólares que o ultimo filme da saga espacial acumulou em apenas oito dias de exibição, se tornando a maior bilheteria de 2005.
Mas se por um acaso você andou habitando uma galáxia muito distante nos últimos trinta anos e ainda não consegue entender esse negócio império, jedis e Wookies, não se preocupe e continue lendo essa matéria...

Quando foi lançado em 1977 Star Wars (ou Guerra nas Estrelas) era bem simples: mocinho contra bandido (aliais o bandido vestido de preto para todo mundo saber quem é). Suas seqüências também são fáceis de entender: como o vilão não morre no final do primeiro filme, a história não acabou e a batalha entre o bem e o mal continua. Os episódios IV, V e VI de Star Wars narram a batalha das forças rebeldes para destruir o império galáctico.

È aí que coisa complica. A história está sendo contada fora de ordem. Em 1977 foi lançado o Star Wars (o subtítulo Episódio IV – Uma nova esperança só foi adotado quando Lucas decidiu filmar as seqüências), Episódio V – O império contra-ataca de 1980 e Episódio VI – O retorno de Jedi de 1983. Esses três filmes contam como o jovem Jedi Luke Skwalker, a princesa Leia Organa, conseguem derrotar o império com a ajuda de Hans Solo, do wookie Chewbaca e dos Robôs R2D2 e C3PO.

Dezesseis anos depois Lucas achou que podia contar o início da história. Os episódios I – A ameaça Fantasma, II – O ataque dos Clones e III – A vingança do Sith, contam como a república se tornou império, e como surgiu o vilão perfeitamente malvado do início deste texto, Darth Vader.
Mesmo depois dessa breve explicação você provavelmente está meio confuso, afinal ainda não expliquei esse negócio de wookies e jedis. Bom, wookies são uma raça que habita o planeta Kashyyyk. Enquanto os jedis são guerreiros que tentam manter a paz na galáxia, utilizando a “força”, e sabres de luz.

Bom agora que você já tem esse modesto guia, basta seguir até a locadora mais próxima e assistir aos filmes. Se depois disso você ainda quiser saber mais pode descobrir conhecendo os outros produtos da saga, que vão de desenhos animados até livros. Que a força esteja com você.

A Mix Cultural também trazia matérias sobre a Jovem Guarda, uma banda chamada Zabatê, a Arte do Grafite, entre outras. Quem sabe um dia publico todas aqui.

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top