quinta-feira, 15 de maio de 2008

Preguiça

A danada da preguiça, segundo a Wikipédia é a inatividade de uma pessoa, aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico. Para a psicologia é uma pessoa sem resistência moral e psicológica para os desafios impostos pela vida.

Besteira....

Eu digo que a preguiça é uma situação momentânea, que pode ou não se estender. E sua influência na vida de um indivíduo varia de acordo com a pessoa. Além de ser uma forma eficiente de poupar energia, praticada também pelos animais. Essas características geram inúmeros tipos de preguiça que se vão se adequar as mais variadas situações.

Preguiça por desmotivação: é aquela na que agente fica se perguntando “qual é p/ que tenho que fazer isso? Não vai levar a nada”

Preguiça após as refeições (muitas vezes chamada de lesera, moleza ou tristeza): essa todo mundo tem, fala sério quer não adoraria poder tirar aquela soneca, ou simplesmente fica jogado no sofá depois de comer?

Preguiça que segue ditos populares (mesmo que precise distorcê-los um pouco): como o popular “deixe para amanha o que você na precisa fazer hoje” ou “Não há sábado sem sol, domingo sem missa nem segunda sem preguiça”. Esse tem diferentes versões de acordo com o lugar.

Preguiça por depressão: a pessoa ta tão de mau com a vida que não ta afim de fazer nada.

Preguiça direcionada: é aquela em que você tem ânimo para fazer quase tudo menos, uma coisa, que provavelmente é a única coisa que você realmente tem que fazer. Admito que vivo tendo essa preguiça!

E por ultimo mas não menos importante.....

Preguiça produtiva: provavelmente conseqüência da preguiça direcionada, ela faz você arrumar o armário, organizar os livros e CDs em ordem alfabética, escrever um texto enorme sobre preguiça em seu blog (ou qualquer outra baboseira que você afirme ser urgente), apenas para adiar outra tarefa que provavelmente é realmente importante ou urgente.

Considerada um pecado capital, a preguiça pode ter muitos motivos além da incrível necessidade de ficar atoa.

Cada um tem a preguiça que precisa. Qual é a sua???

2 comentários:

Fernando Julião disse...

Você não teve preguiça em escrever isso tudo????
rsrsrsrsrsrsrsrs

Fabiane Bastos disse...

É!
Que coisa não???

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top