quinta-feira, 10 de abril de 2008

Saidos da minha estante

A Rafa me mandou mais um meme, dessa vez a tarefa é listar 5 livros que adorei e um que tenha achado perda de tempo. Começando pela parte ruim...

Desisti de terminar a leitura de O Diabo Veste Prada de Lauren Weisberger. O argumento é bom, e o texto até que flui bem, mas antes de chegarmos ao meio do livro percebemos que a autora abandona o ritmo. A história para de evoluir e a protagonista passa a reclamar e achovalhar a chefe. Fica chato! Chato mesmo parece o diario de uma adolescente em crise. A mudança é provavelmente um reflexo dos sentimentos da autora, uma vez que o livro é baseado em uma experiencia real. O bizarro é que o livro rendeu um ótimo filme.
É a primeira vez que o filme é melhor que o livro!

Agora a parte boa...

Só pra contrariar a Rafa eu ia colocar o Código da Vinci na lista, mas seria uma mentira, porque Anjos e Demônios é melhor!
A pôlemica em torno deste é menor, mas a hitória é mais inteligente e empolgante. Também adoro o fato de a história mostrar a igrêja como uma instituição e não como uma ordem divina (é a empresa mais antiga e bem sucedida da história). Embora Dan Brown não seja um Shakeaspeare, gosto do ritmo, que facilita e agiliza a leitura em qualquer lugar a qualquer hora.
É um bom livro para ler no ônibus!!!

Contos dos Irmãos Grimm de Clarissa Pinkola Estes, reune os contos de fadas que já conhecemos como Cinderela, Bela Adormecida , entre outros (são 53 contos no total), mas sem a tonelada Disney de açucar a que estamos acostumados. Mais proximos das versões originais, os contos ficam sombrios, as fadas "dão no pé" e o "felizes para sempre" não acontece para todos. Tim Burton faria uma festa com qualquer um deles!!!!

A Droga da Obediência de Pedro Bandeira, eu tinha 11 anos e li em dois dias, não tem como não entrar nessa lista! Um bando de guris descobrindo crimes que adultos nem percebem.
E voltando para o universo cinéfilo toda a coleção dos Karas daria uma franquia de filmes infanto-juvenis incrível. Afinal não da por cinema nacional continuar oferecendo apenas Xuxa e Didi pra petizada!

Farenheit 451 de Ray Bradbury esse tem um explicação complexa, que algum dia publico aqui, por hora fiquem com a versão curta. Livros são proibidos, bombeiros só existem para queima-los, um deles resolve desaficar as regras e vira um foragido.
Polêmica, avêntura, desafio aos costumes da sociedade....hum....Fabiane gosta!

Não podia faltar um Harry Potter não é?!! Quando resolvi ler os primeiros 4 livros de J.K. Rowling, aos 16 anos, eu ja tinha perdido o gosto pela leitura (resultado de pessimos livros impostos por professores). Me assustei quando percebi que ainda gostava de ler, o bruxinho reeducou minha leitura. E provavelmente sem ele não teria lido nenhum desses livros aí acima (exceção da Droga da Obediencia). E como tem que escolher um só fico com O Prisioneiro de Azkaban, pois adoro o estilo "De Volta para o Fututo" que ele tem.

Tão aí os 5 livros que minha mente perturbada mais curtiu! E o que ela nem se deu ao trabalho de terminar!!!

Agora quero saber os favoritos (ou não) de Nayra e Giselle.

1 comentários:

GISELLE DE ALMEIDA disse...

"A droga da obediência" é unanimidade! E "O escaravelho do diabo"? Saudade daqueles tempos! rs

Ah, já respondi o meme.

bjs

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top