quarta-feira, 26 de março de 2008

TV Estranha

Coisas estranhas aconteceram na TV brasileira esse mês, e não estou me referindo as constantes mudanças na programação sem aviso (isso não é nada estranho ja estamos acostumados!)

Pra começar o SBT, trouxe de volta do limbo a falecida seção Cinema em Casa, fora do ar a uns 10 anos. Nada como perder a tarde assistindo Flipper ou o Jovem Hobin Hood pela milhonésima vez. A emissora aliais, ta virando mestre em rescussitação, ela ja trouxe de volta o Fantasia e o Aqui Agora, tomara que pare antes de chegar ao programa do Ratinho!

Idolos mudou de canal, ja que o SBT abriu espaço p/ HSM a Seleção. O programa foi parar na Record. O bizarro é que como o programa é comprado com formato fechado até a abertura (muito feia, por sinal) é a mesma usada na emissora do Silvio.

A emisora oficial dos mutantes mudou Heroes de horario tres veses (sem avisar, claro!), e vai esticar a novela Caminhos do Coração (aquela dos mutantes) até outubro. Aí começa o desaparecimento de personagens cujos interpretes não renovaram o contrato, igualzinho as novelas mexicanas que os brasileiros tanto criticam.

Ainda na Record aprendiz esse ano vai dar 2 milhões para o vencedor. É muita grana pra uma pessoa só, não acha?

E é claro que não podia faltar a Globo né!
Pra fechar o mês com chave de ouro a emissora acaba de entregar 1 milhão para o primeiro vencendor de Realit Show "emo" do Brasil. A charge abaixo não me deixa mentir!
Gosta de Realities? Leia isso.


Leia Mais ››

quarta-feira, 12 de março de 2008

De antes das cavernas

Blogueira de primeira viagem é um problema!
A Rafa me mandou um meme, "que treco é esse?" me perguntei.
Depois de descobrir que é uma espécie de corrente via blog onde todos comentam o mesmo assunto, me empolguei e resolvi entar na brincadeira.

Então vamos ao meme: Dinossauro

Rapidinho me lembrei de um monte, além dos ja comentados (verdade, tá lá nos comentarios no blog da Rafa).

O próximo A Era do Gelo, vai ter dinossauros.

Tem os desenhos de Em Busca do Vale Encantado, que mesmo depois de achar o tal vale ainda fizeram um monte de continuações.

E por falar em animação, tem Dinossauro da Disney Nair Belo e (pasmem) Hebe dublando.

E por falar em Disney tem o dinossauro de Toy Story. Ta, eu sei, ele é de brinquedo, mas ainda é um dinossauro, e é muito legal.

Tem o Horacio de Mauricio de Souza, tiranossauro, herbivoro e fofinho.

Os dinos dos Flintstones, eram prestativos e serviam pra tudo de bichinho de estimação a triturador de alimentos.

Dinotopia, foi um seriado muito tosquinho, mas como tosqueira pouca é bobagem vocês tem que ver o velocirapitor de Caminhos do Coração (novela dos mutantes da record).

Mas o meu favorito mesmo, é um dissaurinho cor de rosa, que usa fraldas, adora brincar com uma frigideira e é adoravelmente irritante.
Não lembrou??? Fala sério!!!
Só posso dizer que Não é a mamãe!
Agora passo o fóssil pra frente:

E aí Nayra? Consegue escrever un dos seus textos inspirados sobre nossos amigos pré-históricos?

Gi quais os seus favoritos?


Ou será verdade que só meninos curtem dinossauros?!
Leia Mais ››

sexta-feira, 7 de março de 2008

Caiu na rede....

Como ja mencionei antes o grande problema de Eu sou a Lenda (I am legend) é o seu final, fraco e comercial. O diretor Francis Lawrence também filmou um final alternativo que estará disponivel no DVD.
Para quem não aguenta esperar, a sequencia ja pode ser encontrada on line. Infelizmente ela também é meio sem graça. Fazer o que?

Leia Mais ››

quinta-feira, 6 de março de 2008

Juno

Também acho "tic-tacs" de laranja os mais gostosos!!!!

Critica de Juno no Mix Cultural

"All I Want Is You"
Leia Mais ››

Juno

Garota de 16 anos engravida de seu melhor amigo e decide dar a criança para adoção. A história é tão comum que agente até imagina o filme: “depois de nove meses de dificuldades e discussões, a moça deixa o bebê num cestinho na porta de alguém, de preferência numa noite chuvosa”. Mas esse não é um filme comum, é Juno.

O roteiro de Diablo Cody (agora aclamada e oscarizada) trata um problema comum em nossa sociedade sem dramalhão e hipocrisia. Situações simples e cotidianas para resolver problemas simples e cotidianos. Não há histeria por parte dos pais, nem namorado que foge da responsabilidade (na verdade ele é deixado de lado nas decisões), nem adolescente perdida, achando que o mundo acabou com a gravidez.

Fugindo dos estereótipos de adolescente problema, Juno (Ellen Page) encara o situação de forma lógica. Como se livrar da “coisa” e voltar ao normal? Descartando a tentativa de aborto, não por ser contra, mas porque o feto já tem unhas, ela decide dar a criança para adoção. Encontra os “pais perfeitos” (Jennifer Garner e Jason Bateman) nos classificados e passa a conviver com eles.

A partir daí acompanhamos a jornada de Juno para enfrentar o dia-a-dia de uma gravidez precoce, e a preparação dos futuros pais para a chegada do bebê. Depois do Oscar nem é necessário dizer que Ellen Page esta bem como Juno, ela é Juno. E o resto do elenco segue o mesmo ritmo, mantendo o publico preso a história, que não traz muitas surpresas, talvez por isso agrade tanto. O interessante não é ter um acontecimento inesperado, mas sim acompanhar como pessoas comuns resolvem os problemas cotidianos a sua frente.

Uma história sobre pessoas e suas escolhas, tratada de forma simples e com tiradas de fazer qualquer “pergunta idiota tolerância zero” morrer de inveja, fizeram de Juno a surpresa do ano. Uma comédia que podia acontecer na sua rua.

Juno (Juno) 
EUA / Canadá - 2007 - 96 min 
Comédia / Drama 
Leia Mais ››
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top