terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Oscar 2008

Nada como um bom Oscar pra animar um domingo a noite, não?
Previsível, uma surpresa aqui outra ali, piadas ensaiadas, desfiles de vestidos (uns bonitos outros nem tanto), galãs para ficar admirando... É agente se diverte!!!

E no geral o Oscar 2008 foi muito bom. Apesar de, segundo especialistas , ter sido a cerimonia com menor audiência da história do prêmio. Eles dizem que a culpa foi a ausência de blockbusters entre os indicados. Mas agente aqui não liga!
Estamos mais do que acostumados a não ter assistido a maioria dos longas candidatos afinal eles só chegam aqui depois do prêmio, isso quando chegam.

Aliais assistir o Oscar em terras tupiniquins vai além do fato de só assistir os filmes depois. O expectador que só conta com a TV aberta, pra acompanhar perde todo o inicio da cerimonia, já que além do fantástico também precisa esperar o BBB, acabar (porque não fazem como no carnaval e adiantam a "espiadinha" para antes do fantástico? Ou melhor parem de exibir esse troço já cansou mesmo!).

Quem tem a sorte (se é que podemos chamar assim!) de ter a TNT, tem que aturar a péssima tradução simultânea, a tradutora as vezes falava parte dos discursos em inglês, ou mesmo não falava deixando o trabalho para o comentarista. Outro problema da TNT, já que os comentários de seu ilustre convidado não acrescentam nada ao expectador. Ao menos isso a Globo melhorou desde o ultimo ano, sua tradução melhorou (ainda muito longe de ser boa, mas isso é difícil de fazer) e os comentários de José Wilker foram bem mais inteligentes que seu concorrente.

Para quem conseguiu abstrair tudo isso, foi bem agradável de assistir, principalmente pelas retrospectivas dos últimos 80 anos de cerimonia. E pelas surpresas nos premios de Atriz para a francesa Marion Cotillard e atriz coadjuvante para Tilda Swinton. O resto foi a festa previsível que agente adora. Quer saber mais sobre os ganhadores leia o texto da Raphaela Ximenes ela assistiu a maioria (ou pelo menos mais que eu) e pode falar melhor.

O que não deu pra ignorar é o grande numero de publicidade na cerimonia, desde a (brilhante) aparição de Steve Carel ao lado de Anne Hataway, para promover seu filme Agente 86, passando pela presensa de Miley Cirus também para chamar a atenção para o filme derivado da Série Hannah Montana, até o nada sutil jabá que o apresentador Jon Stewart fez do iPhone e do Nintendo Wii.

Prêmios previsíveis, piadas ensaiadas (a dos bebês foi ótima), transmissão ruim, muita publicidade....fazer o que!

O Oscar é assim, e agente gosta!

0 comentários:

 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top